TRE adia julgamento da cassação de Roberto Rocha

1616346_594463207299529_1836893435_nO Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão adiou nesta terça-feira (06) o julgamento da representação do PMDB que pede a cassação do mandato do senador Roberto Rocha (PSB).

Advogado do candidato a senador Gastão Vieira nas eleições passadas, o desembargador eleitoral Daniel Leite, que tomou posse este ano, declarou-se impedido para julgar a ação. No lugar dele, assume como membro substituto da corte o advogado Daniel Blume.

Rocha é acusado de diversas irregularidades na prestação de contas referente à eleição do ano passado, na qual se elegeu senador com o apoio do então candidato a governador Flávio Dino (PCdoB).

De acordo com a assessoria do TRE, a representação por captação ilícita de recursos contra o senador deve voltar à pauta de julgamento na próxima quinta-feira (08), quando o desembargador Lourival Serejo deve se posicionar ou não pela cassação de Roberto.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.