Carência

Bob Rocha e o relacionamento com Bolsonaro

Nas suas já conhecidas jornadas de sábado, o senador Roberto Rocha destilou suas habituais grosserias contra o governador Flávio Dino.

O autointitulado Asa de Avião não perdoa Flávio Dino porque todos sabem que, sem o seu apoio, ele jamais seria senador, e isso, em vez de despertar gratidão, se transformou numa estranha raiva.

Flávio Dino nunca respondeu às baixarias de Bob, o que deixa este inconformado, conversando irritado com mesas e cadeiras.

Nesse vazio existencial, Roberto se lembra sempre de seu novo relacionamento com Bolsonaro.

O senador, que já apoiou Sarney, Fernando Henrique, Dilma, Eduardo Campos, Aécio e Michel Temer, sempre apaixonado pelo poder, agora está com relacionamento firme com Bolsonaro e seus filhos.

E por isso anda zangado com Flávio Dino, que não lhe dá atenção.

Haja carência.

Comentários estão desativados

Uma resposta para “Bob Rocha e o relacionamento com Bolsonaro”

  1. O PT é puro putifarismo

    Os petistas são putifaristas.

    Idem o petismo picareta e seus líderes vigaristas. A saber:

    Esquerdalha doente e mentirosa: lula e dilma. Truculentos e cheios de vigarices das mais altas da Nação brasileira.

    Portanto, o PT é putifarista.