São Luís

Roberto Rocha se torna um peso para Braide

Corre nos bastidores da política ludovicense que pesquisas qualitativas apontam que o senador Roberto Rocha (PSDB) mais atrapalha do que ajuda a candidatura de Eduardo Braide (Podemos) à Prefeitura de São Luís.

Ainda com um amplo recall das eleições de 2016, quando decidiu fazer carreira solo e não se aliar a ninguém, até mesmo no segundo turno, Braide muda a estratégia e coloca nomes de peso ao seu lado, entre eles Roberto Rocha.

O problema é que o senador é uma espécie de âncora política, que só puxa o candidato do Podemos para baixo. A prova disso é a pífia votação do autointitulado Asa de Avião nas eleições de 2018.

Enquanto Braide concorria à Câmara Federal e tirou mais de 131 mil votos, RR, que concorria ao governo, teve pífios 16.415, ficando à frente apenas de Ramom Zapata, do PSTU.

Para se ter uma ideia do peso de Roberto Rocha na capital, se estivesse concorrendo a uma vaga na Câmara, com os votos que teve, ele não ficaria nem entre os cinco mais votados em 2018.

Por essa razão é que o senador pode se tornar um peso para Braide durante a eleição.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.