Análise

Debate Mirante: do melhor ao pior

Mais uma vez, o blog faz uma análise isenta do desempenho de todos os candidatos à Prefeitura de São Luís. No debate dos portais Imirante/O Estado, o clima foi de mais animosidade, sobretudo pela dinâmica de enfrentamento entre os postulantes ao Palácio de Lá Ravardière.

Finalmente um debate que valeu a pena.

Vamos para a análise:

1° – Jeisael Marx (Rede)

O melhor do debate na opinião do blog e das redes sociais. Tranquilo, mostrou consistência e conhecimento dos reais problemas que a população que mora nos mais longínquos rincões da Ilha de São Luís convive diariamente. Candidato pé no chão, apresentou ideias viáveis para governar a capital. Único não deputado do confronto, mostrou preparo. E causou temor nos adversários, que evitavam o tempo todo confrontá-lo. Surpreendendo os que ainda acreditavam que ele está na disputa apenas para atacar os adversários. Foi de longe o melhor. Foi um dos únicos, ao lado de Bira do Pindaré, a fazer referência à candidata a vice. Fechou o debate com chave de ouro.

2º – Rubens Júnior (PCdoB)

Bem melhor do que no primeiro debate. Entendeu sua posição: o porta-voz legítimo do governo Flávio Dino. Conseguiu equilibrar feitos pela cidade de São Luís e propostas. E, finalmente, resolveu descer do muro. Conseguiu superar a cantilena Lula, Dilma e Flávio Dino.

3° – Yglésio Moyses (PROS)

Yglésio sem sombras de dúvidas é um dos mais inteligentes da disputa. Propositivo e técnico mais uma vez, não partiu para ataques pessoais, mas conseguiu contrapor os adversários de forma objetiva, contudo, às vezes, meio blasé. Faltou um pouco mais de clareza nas críticas, fato que empolga o eleitor. Exerce bem o papel de qualificar o debate.

4° – Bira do Pindaré (PSB)

Mudou de tom em relação a confrontos anteriores. Mais combativo, escolheu Eduardo Braide como alvo preferencial. E conseguiu fazer valer sua história de luta e superação. Finalmente colocou o candidato do Podemos no devido lugar. Parece também ter sido escolhido o alvo do colega de Câmara.

5° – Neto Evangelista (DEM)

Neto Evangelista faz o café com leite bem. Apesar de confrontado por adversários diretos, soube escapar dos contratempos. A candidatura do DEM tem um discurso, talvez precise mobilizar para além da militância partidária.

6º – Duarte Júnior (Republicanos)

Desnudou o candidato líder nas pesquisas. Talvez tenha pecado pelo excesso, elegendo também Neto Evangelista como potencial adversário. Exerce muito bem o papel de franco atirador, mas precisa, na posição de alvo controverso que é, fugir das armadilhas que lhe esperam até o dia 15 de novembro.

7° – Eduardo Braide (Podemos)

De longe o pior. Teve a máscara arrancada pelos concorrentes Duarte Júnior, Bira do Pindaré e Neto Evangelista. O ar de superioridade do início, de quem ostenta quase 50 pontos nas pesquisas, foi substituído, aos poucos, por uma postura defensiva. Campo em que o deputado federal não sabe batalhar. Saiu do debate devendo explicações. São Luís quer saber sobre esse tal vigia pago pela Assembleia Legislativa que tomava de conta das fazendas d e sua família. Assim como o eleitor rememorou escândalos relacionados a Anajatuba, e denúncias ainda não esclarecidas referente ao município de Icatu. Saiu menor do que entrou no Sistema Mirante de Comunicação.

Comentários estão desativados

3 respostas para “Debate Mirante: do melhor ao pior”

  1. Neto disse:

    Que análise mais sem noção! Pra analisar tem que esquecer o “coração” e falar a realidade. Voto em Braide, mas o melhor do debate disparadamente foi Iglésio. Jeisael tava muito nervoso, pecou um pouco por isso. Neto, ficou claro que ele não tem proposta, fala dos temas mas foge das soluções. Duarte até agora não postou as Provas que comprometem os adversários, é o Duarte fake news. Rubens escancarou a arrogância típica dos filhinhos de papai mimados, não apresentou soluções novas só o que fizeram na secretaria qdo ele estava lá. Braide alcançou o objetivo de se manter firme mesmo com artilharia pesada em cima dele. Ja Bira, Bira tava no debate?

  2. junior disse:

    Era de se espera tu escrever isso, afinal tu és uns dos porta-vozes do consorcio, mas teu trabalho não vai ter exito no final.

  3. Tavares disse:

    O Braide foi realmente muito aquém do esperado e demonstrou que não está preparado para ser nosso prefeito. Gostei bastante do Iglésio. O Duarte me surpreendeu também e o Jeisael tem muito potencial, esse cara vai subir oportunamente pois tem a cara do povo.