Diferenças

Weverton une enquanto Brandão separa

O senador Weverton (PDT) fez mais um gesto hoje que converge para uma articulação política dos partidos progressistas no Maranhão. Esse é o caminho a ser seguido também pelo governador Flávio Dino (PCdoB) contra os retrocessos que Jair Bolsonaro representa.

Ao se reunir com o presidente da Assembleia Othelino Neto (PCdoB), o presidente da Câmara de São Luís Osmar Filho (PDT) e o ex-prefeito da capital Edivaldo Holanda Júnior (PDT), o senador pedetista mostra que o diálogo entre o campo político de Dino segue firme.

Por outro lado, o vice-governador Carlos Brandão (Republicanos) tem feito caminho completamente contrário, com o acirramento de forças com Weverton utilizando nomes que fazem oposição ao governador.

Como o prefeito de Caxias Fábio Gentil, oposição a Dino, e que foi o escolhido de Brandão na disputa pela Famem. Até o vice na chapa, Rigo Teles (PL), nunca foi alinhado aos Leões no comando de Dino.

Ao tomar esse caminho, Brandão se uniu a nomes como Edilázio Júnior, Roberto Rocha e Aluísio Mendes, notórios oposicionistas do atual governo do Estado.

Pelos movimentos de Brandão e Weverton, fica cada vez mais claro qual dos dois será mais alinhado ao governador Flávio Dino.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.