Confusão partidária

Roberto Rocha e senadores do PSDB boicotam planos presidenciais de Dória

Os sete senadores da República filiados ao PSDB assinaram, nesta quinta-feira (11) uma nota a favor da prorrogação do mandato do presidente do partido, Bruno Araújo, por pelo menos mais um ano.

O movimento acontece um dia após presidentes de todos os diretórios estaduais da legenda também concordarem com a prorrogação, o que frustra planos do governador de São Paulo, João Doria, de assumir o controle da sigla em maio.

Em um jantar com a cúpula do PSDB na segunda-feira, Doria manifestou a vontade de assumir o controle do partido em maio, quando termina o mandato de Araújo.

Tendo em vista o projeto de ser candidato à Presidência da República, Doria sugeriu, ainda, que a sigla assumisse uma postura mais clara de oposição ao presidente Jair Bolsonaro e afastasse o deputado mineiro Aécio Neves.

Se Dória assumir o controle do PSDB, Roberto Rocha deve perder o controle do partido no Maranhão.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.