Retrato

Dino entre o futuro e o passado

Flavio Dino (PCdoB) mostrou hoje que quer ter papel decisivo na escolha do futuro governador do Maranhão.

Há pouco, nas redes sociais, o líder do comunismo postou uma foto entre os pré-candidatos ao governo Weverton Rocha e Carlos Brandão.

O “retrato” até faz lembrar da disputa geracional que resultou na primeira eleição dele ao governo.

De um lado, o habilidoso senador, pré-candidato do PDT apoiado pelo DEM, Republicanos, PSL e PSB, aparece disposto ao diálogo e exalta a posição de líder do governador.

Do outro, está o emplumado vice-governador do PSDB, que, ciente da prerrogativa sucessória, conta os dias para sentar-se na principal cadeira do executivo estadual e não abre mão de concorrer à reeleição.

Na legenda, Dino relembra a “aliança de longa data” com os dois aliados, cobra “compromisso com a continuidade” e promete “coordenar os diálogos” para a escolha do sucessor.

Comentários estão desativados

Uma resposta para “Dino entre o futuro e o passado”

  1. Sebastião Santos da área Itaqui-Bacanga "A Força das Comunidades" disse:

    AS RUAS EM ALERTA PARA O GOVERNO DO ESTADO EM 2022

    A população está ou não atenta com o cenário político para o governo do estado em 2022? Ela está atenta sim. O exemplo foi a surpresa do cenário político das eleições dos deputados federais Weverton Rocha e Eliziane Gama na corrida para o senado na ultima eleição estadual, pois as ruas mesmo silenciosas, mas estavam em alerta.

    As ruas definiram pela eleição de dois políticos da nova geração ao senado da republica porque viram neles suas bravuras na defesa de matérias que asseguram os direitos fundamentais da família e do trabalhador, como por exemplo, suas fortes atuações nas reformas. Muitos não acreditavam na eleição de Weverton Rocha e de Eliziane Gama para o senado. Claro, o governador Flávio Dino teve mérito nesse resultado? Sim, mas os maiores méritos foram das atuações de Weverton Rocha e Eliziane Gama no pleno exercício do mandato de deputado federal. As ruas estavam como continuam em alerta.

    Para as eleições de 2022, o vice governador Carlos Brandão não deixa de ter seus pontos positivos, e um deles é o seu comportamento em ouvir o governador Flavio Dino. O outro é que quando assumir em definitivo o governo, a máquina lhe viabilizará o fortalecimento do seu palanque.

    Só que o ALERTA DAS RUAS por estar atento, claro e evidente que já analisou o reconhecimento pela gratidão também do Sen. Weverton Rocha a Flavio Dino, pois mesmo o governador tendo mérito nas eleições dos senadores Weverton Rocha e Eliziane Gama, eles também foram leais e por isso, tem seus méritos nas duas eleições de Flávio Dino ao governo do estado quando soma também o comportamento de bons aliados do governador. Portanto, essa foto representa muito para o ALERTA DAS RUAS que considera o ocorrido na ultima eleição municipal de São Luis, não como comportamento duvidoso da lealdade do Sen. Weverton Rocha a Flávio Dino, e sim, para fortalecer o seu palanque entende que foi uma sábia articulação de um político de nova geração que tem potencial para ser governador, pois quem acompanhou as manifestações do Sen. Weverton Rocha muito antes de se definir o cenário das eleições para prefeito de São Luis, sabia que ele defendia uma candidatura do PDT e que não era o Dep. Duarte Jr que já estava decidido ser candidato apoiado pelo vice governador o que não foi diferente. Com isso, os palanques foram para o campo e com o clima quente pelo ambiente político, não tinha como os aliados do Sen. Weverton Rocha apoiarem o Dep. Duarte Jr, identificado candidato do seu oponente ao governo, pois Duarte Jr não era candidato do governador Flavio Dino, e sim, do vice Carlos Brandão. As ruas que estão em alerta, tem conhecimento do ocorrido e por isso não entende como comportamento duvidoso da lealdade do Sen. Weverton Rocha ao governador Flávio Dino.

    Outro ponto positivo a favor do Senador, é que as ruas acompanham sua forte atuação e articulação na defesa do estado, principalmente neste período pandêmico com ações concretas no combate ao coronavírus. O Maranhão estar bem servido e precisa de lideranças fortes com poder de articulação no cenário nacional e que tenha facilidade em agregar valores, e essa referencia faço ao senador Weverton Rocha tanto que tem um forte grupo para encarar a concorrência ao governo e nem por isso se impõe, pois o seu preparo lhe leva no entendimento do consenso.

    Vai prevalecer o consenso no grupo Flávio Dino? Acredito que sim. E quem são os outros nomes que surgem fora do grupo do governador? As pesquisas mostram a ex governadora Roseana que não quer se arriscar porque tem uma eleição garantida e tranquila de deputada federal. O Sen. Roberto Rocha, o atual prefeito de São Pedro dos Crentes e correndo por fora que já ameaçou romper com o grupo Flávio Dino, o deputado federal Josemar de Maranhãozinho que já disse que não repete mandato. Resumindo, as RUAS EM ALERTA vão decidir o próximo governador a ser empossado em janeiro de 2023.

    Sebastião Santos
    A Força das Comunidades