RECUOU

Em nota, Bolsonaro “pede desculpas” por ataques a Alexandre de Moraes

O presidente Jair Bolsonaro divulgou na tarde de hoje (9) uma nota à nação afirmando que não teve a intenção de atacar os Poderes da República.

No documento, sugerido e redigido pelo ex-presidente Michel Temer, Bolsonaro alegou que as afrontas que fez contra o ministro do STF, Alexandre de Moraes, decorreram do “calor do momento” e dos embates que sempre visaram o bem comum.

“Por isso quero declarar que minhas palavras, por vezes contundentes, decorreram do calor do momento e dos embates que sempre visaram o bem comum.  Em que pesem suas qualidades como jurista e professor, existem naturais divergências em algumas decisões do Ministro Alexandre de Moraes. Sendo assim, essas questões devem ser resolvidas por medidas judiciais que serão tomadas de forma a assegurar a observância dos direitos e garantias fundamentais previsto no Art 5º da Constituição Federal.”

Durante as manifestações da Semana da Pátria, o presidente fez duras criticas ao ministro e disse que não cumpriria mais decisões judiciais.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.