CONFUSÃO

Confusão em ônibus com bolsonaristas enviados por Mical para atos em Brasília

Segundo relato de um dos passageiros, a discussão começou após um participante questionar a mudança de lugares de algumas pessoas dentro do veículo. Uma das organizadoras, de nome Flávia Berthier, teria respondido alegando que o passageiro pagou apenas R$ 200,00, sendo que a passagem era R$ 600,00.

O cidadão relata ter buscado mais informações e descoberto que o ônibus, modelo double deck, havia sido alugado pelo PTB por cerca de R$ 30 mil.

Após a confusão, que culminou com alguns participantes chegando às vias de fato, a organizadora não aceitou que os envolvidos continuassem no veículo. A situação acabou gerando outro problema, porque, segundo o passageiro, a deputada Mical Damasceno disse que eles deveriam voltar no ônibus que vieram, pois, o aluguel foi pago pelo partido.

Segundo os relatos, a caravana precisou parar em uma delegacia da Polícia Federal para que a briga fosse contida.

Pelo menos quatro caravanas saíram do Maranhão rumo às manifestações em Brasília: uma de Balsas, uma de Imperatriz e duas de São Luís.

Confira os detalhes da confusão no áudio abaixo:

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.