deu a louca no presidente

Bolsonaro ataca Lula, elogia Pinochet e espalha fake news

Dando prosseguimento às suas habituais patacoadas e agitando a semana, Jair Bolsonaro usou o Whatsapp, para compartilhar fake news, piadas homofóbicas e elogios ao ditador chileno Augusto Pinochet.

Em uma das mensagens, o presidente usou o aplicativo para espalhar fake news e para criticar a vacinação: “Jovens morrendo com a Pfizer”. No mesmo momento, ele compartilhou um vídeo com as frases: “Riscos — Precisam investigar! Jovens morrendo de parada cardíaca (sic)”. No vídeo, também há a inscrição ‘Bolsonaro tem razão’.

Na quinta-feira 23, Bolsonaro postou um vídeo elogioso a Pinochet e deu a entender que, se a esquerda voltar ao poder, o Brasil terá um destino preocupante.

No conteúdo compartilhado por Bolsonaro, também tem homofobia. Um dos vídeos mostra pessoas aparentemente num protesto por direitos da comunidade LGBT, queimando uma bandeira do Brasil, acompanhado da legenda: “Essa turma toda quer ‘o cara’ voltando ao poder”.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.