Eleições 2022

Pesquisa Econométrica: Roseana e Weverton lideram corrida ao governo do estado

Em distintos cenários, a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) e o senador Weverton Rocha (PDT) lideram a disputa ao governo do estado. Foi o que mostrou o resultado da pesquisa do Instituto Econométrica divulgada na tarde dessa terça-feira, dia 9, pela TV Difusora.

Na pesquisa espontânea, a ex-governadora aparece com 10% das intenções de votos, seguida por Weverton Rocha (9,1%), Carlos Brandão (4,9%) e Lahésio Bonfim (3,5%).

O candidato que o governador Flávio Dino eventualmente escolher já aparece com 3,1% das intenções de voto. Logo atrás dele estão: o ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (2,6%), Josimar de Maranhãozinho (2,2%), o próprio governador Flávio Dino (1%), mesmo sem poder disputar essa eleição, Felipe Camarão (0,5%), Eduardo Braide (0,3), Maura Jorge (0,1%) e Simplício Araújo, também com 0,1%. Não sabe / não responderam somam 56,8% e branco e nulos somam 1,8%.

Na pesquisa estimulada, Roseana Sarney também aparece liderando com 25,1% das intenções de votos. Em seguida aparecem Weverton Rocha (22%), Carlos Brandão (10,5%), Roberto Rocha (8,3%), Edivaldo Holanda Júnior (8,2%), Lahésio Bonfim (8,1%), Josimar de Maranhãozinho (5,9%), Felipe Camarão (2,5%) e Simplício Araújo (0,9%). Branco e nulos somam 4,5%. Não sabem ou não responderam somam 3,9%.

Em um cenário onde não aparece a ex-governadora, Weverton aparece com 28,2%, seguindo por Carlos Brandão (13,3%), Roberto Rocha (12,5%), Edivaldo Holanda Júnior (12%), Lahésio Bonfim (10,8%) e Josimar de Maranhãozinho (7,7%).

Em um confronto direto somente entre Weverton Rocha e Carlos Brandão, o pedetista aparece com 42,4% e o tucano está com 23%.

Já em um cenário com o Edivaldo Holanda Júnior na disputa, Weverton aparece com 36,4% das intenções de votos, seguido por Edivaldo, com 18,9%, e Carlos Brandão, com 18,4%.          

A pesquisa foi realizada entre os dias 3 a 6 de novembro. Foram ouvidos 1.659 eleitores e o erro amostral foi de 2,4% com um intervalo de confiança de 95%.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.