poste

Um mês após escolha, “opção pessoal” de Flávio Dino não decola em pesquisa

Um mês depois de ser escolhido como “opção pessoal” do comuno-socialista Flávio Dino para a sucessão no Palácio dos Leões, o vice-governador Carlos Brandão (PSDB) continua sendo ignorado pelo eleitorado do Maranhão.

A pesquisa Engrácia Garcia Pesquisa de Mercado e Opinião, divulgada na noite desta terça-feira pelo Sistema Meio Norte de Comunicação, mostra o senador pedetista Weverton Rocha na liderança da corrida pelo Governo do Estado com 35%. No cenário estimulado, o tucano aparece em segundo, com 12% de intenções de votos. Em terceiro está o senador bolsonarista Roberto Rocha (sem partido), com 7%.

O ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PSD); o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL) e o prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim (PTB), aparecem, respectivamente, com 6%, 1% e 1%. Brancos e nulos chegam a 18% no levantamento. Não sabe somam 20%.

A margem de erro da pesquisa é de 3% para mais ou para menos; com intervalo de confiança de 95,5%. O instituto ouviu 1200 entrevistados por telefone no período de 08 a 18 de dezembro, em 74 municípios do estado.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.