Alterações

Janela partidária: 10% dos deputados já trocaram de sigla

Pouco mais de 10% dos deputados federais já aproveitaram a janela partidária, que fecha nesta sexta-feira, para trocarem de siglas. Dos 513 integrantes da Casa Federal, 54 deixaram suas legendas e estão de casa nova, segundo os registros oficiais. E, com a proximidade do fim do período de troca-troca liberado, caciques partidários intensificaram a ofensiva por deputados que prometem ser puxadores de votos em outubro.

Desde o último dia 3, o partido que mais cresceu na Câmara foi o PL, do presidente Jair Bolsonaro. Até esta quarta-feira, 29 deputados se filiaram à legenda de Valdemar Costa Neto, enquanto cinco saíram. Com o saldo positivo de 24 parlamentares, a sigla passou a ter a maior bancada da Casa, com 66 integrantes.

Isso porque o União Brasil, líder em número de deputados até o começo da janela com 78 deputados, perdeu 26 para outros partidos — 21 deles foram o PL. O Republicanos, por sua vez, recebeu 11 parlamentares da Câmara e perdeu dois, passando a ter a quinta maior bancada da Casa, com 41 integrantes. Já o PP ganhou seis, mas perdeu dois, e tem 47 deputados no total.

As conversas em Brasília costumam ocorrer na própria Câmara, principalmente nas lideranças partidárias, gabinetes parlamentares e no cafezinho do plenário. Ou, para quem prefere mais discrição, em hotéis próximos ao Congresso. Entre as promessas para atrair os deputados estão a entrega de diretórios municipais, pesquisas de opinião e apoio financeiro para a campanha eleitoral.

Veja

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: