Aumento da violência

Braide cobra mais segurança no transporte público

O prefeito de São Luís, Eduardo Braide (sem partido) cobrou do Governo do Estado o reforço no policiamento no transporte público da ilha. A cobrança deve-se em virtude do aumento da criminalidade que vem sendo registrada nos últimos dias, não apenas contra os coletivos, mas em toda Região Metropolitana. 

Na noite dessa quarta-feira (18), um motorista de ônibus foi esfaqueado durante um assalto, na Avenida Guajajaras, na altura do bairro São Cristóvão. Igor dos Santos, de 37 anos, foi encaminhado ao Socorro 2 após a ocorrência. 

Já durante a tarde, Regina Rodrigues França, de 39 anos, morreu ao se jogar de um ônibus em movimento durante um assalto na Estrada de Ribamar, na Região Metropolitana de São Luís. De acordo com a polícia, ela teria se assustado quando dois assaltantes entraram no coletivo e anunciaram o assalto. 

“Em 24h, três casos de violência no transporte público na Ilha de São Luís. Desde 2021 a Guarda Municipal está nos terminais. Determinei que a SMTT e a SEMUSC busquem, ainda hoje, a Segurança Pública do Estado para medidas que garantam a segurança dos trabalhadores e passageiros”, disse Braide pelas redes sociais.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: