Precário

Imagens do conserto do ferry velho desmontam fake news da MOB

Mais uma vez foi desmontada uma fake news que estavam sendo compartilhada pela Agência Estadual de Mobilidade Urbana (MOB) sobre o estado do ferry velho José Humberto.

Na quinta-feira (9), a agência comandada pelo arruaceiro Celso Henrique Borgneth divulgou uma nota afirmando que não procediam as informações sobre a reprovação do José Humberto e que as únicas pendências estavam relacionadas com a documentação.

Nas entrelinhas, a nota ainda dizia que a promotora do Consumidor, Lítia Cavalcanti, estava mentindo quando ela afirmava ter recebido informações da Capitania dos Portos de que o ferry não tinha condições de navegabilidade.

Mas a promotora estava correta, e as imagens divulgadas pela imprensa nesta sexta-feira (10) mostram o ferry velho José Humberto passando por diversos reparos estruturais. A embarcação, apresentada como “nova” por Carlos Brandão (PSB), não apenas tem mais de três décadas de uso, como não foi construída para navegar em mar aberto, menos ainda para enfrentar as fortes correntes marítimas da travessia São Luís/Cujupe.

Ao que tudo indica, entre colocar o ferry velho em operação a qualquer custo e preservar a segurança dos passageiros, o governo do estado está escolhendo a primeira opção.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: