Eleições 2022

“O Maranhão está desgovernado”, diz Weverton sobre a gestão estadual

Em entrevista à TV Mirante nesta quinta-feira, 14, o senador Weverton (PDT) fez duras críticas à gestão do governador Carlos Brandão (PSB), que completou 100 dias no comando do Palácio dos Leões. 

Como exemplo, o pedetista citou a demora na redução da alíquota do ICMS nos serviços considerados essenciais, como gasolina, energia elétrica e comunicação. A redução apenas aconteceu após a cobrança da sociedade e imprensa e, mesmo assim, Brandão encaminhou à Assembleia Legislativa um projeto de lei diminuindo o imposto, quando poderia fazê-lo de forma mais célere por meio de um decreto como em outros estados. 

Weverton também repercutiu as declarações dadas pela promotora do Consumidor, Lítia Cavalcanti, que está atuando para resolver a crise no sistema de ferryboat. Em entrevista coletiva na quarta-feira, a representante do Ministério Público voltou a afirmar que o ferry José Humberto não tem condições de navegabilidade pela Baía de São Marcos e, mesmo assim, ele foi colocado em operação.  

“Basta ver os índices e a forma como o Maranhão está sendo governado, ou melhor, desgovernado. Em 100 dias, o governador-tampão não mostrou para que veio. Pelo contrário, não deu uma resposta para o problema do ferry e está lento nas decisões”, disse Weverton.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: