FALSIDADE IDEOLOGICA

Brandão ocultou duas fazendas da Justiça Eleitoral

O governador tampão do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), escondeu duas fazendas da Justiça Eleitoral.

Segundo apuração do jornalista Clodoaldo Corrêa, o sucessor de Flávio Dino (PSB) no Palácio dos Leões é sócio das fazendas Tambori e Grande, ambas localizadas no município de Colinas. 

As duas propriedades estão registradas no Cartório de Ofício de Extrajudicial de Colinas, mas não aparecem na declaração apresentada pelo candidato ao Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão.

Brandão, que pode responder pelo crime de falsidade ideológica, alega R$ 478.725,94 em bens. 

As duas fazendas custam, segundo o jornalista, R$ 10 milhões; Marcus Brandão é sócio de 50%. 

Os irmãos Brandão ainda ofereceram R$ 2 milhões em cabeças de gado para a quitação de penhor relacionado a uma das propriedades.

Nada disto está na declaração apresentada pelo governador nas redes sociais.

E a ocultação de patrimônio não parou por aí.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: