Condenação

Justiça condena “Sensacionalista SLZ” por fake news contra Weverton

A juíza Joseane de Jesus Corrêa Bezerra, da Comissão de Propaganda do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MA), condenou Brendow Augusto Silva Pavão, responsável pelo perfil Sensacionalista SLZ nas redes sociais, por disseminar fake news contra Weverton Rocha (PDT), candidato ao governo do Maranhão.

Em uma publicação no Instagram, o perfil Sensacionalista SLZ, gerido por Brendow Pavão, publicou um vídeo com diversas edições relacionando Weverton a casos de corrupção. Para isso, ele utilizou uma fala do jornalista William Bonner em uma notícia do ano de 2017.  

Porém, a notícia foi tirada do seu contexto original para passar a impressão que Weverton respondia a algum processo. Nessa segunda-feira, a Justiça Eleitoral deferiu a candidatura do pedetista, atestando que ele é ficha limpa (veja aqui). 

Na decisão expedida nessa segunda-feira, 22, a juíza Joseane Bezerra deu um prazo de 12 horas para que o Sensacionalista SLZ apague a postagem das redes sociais.

Em época de campanha política, o Sensacionalista SLZ é contratado para direcionar ataques. Durante as eleições municipais de 2020, o então candidato Duarte Júnior utilizou a página para se autopromover ao mesmo tempo em que o perfil disparava frequentes ataques contra Eduardo Braide e Neto Evangelista, seus principais concorrentes na disputa.  

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: