Silêncio

Beto Castro silencia sobre homicídio de homem em São Luís

Passadas quase 24 horas após o assassinato do empresário João Bosco Pereira Oliveira Sobrinho, o vereador Beto Castro (Avante), que no momento do homicídio estava ao lado da vítima, ainda não se pronunciou sobre o caso. 

João Bosco, de 46 anos, foi executado a tiros em frente ao Edifício Tech Office, na Ponta da Areia nessa sexta-feira, 20. De acordo com as informações da Polícia Militar, antes dos disparos, o autor e a vítima discutiram sobre o pagamento de uma dívida, o que foi confirmado por testemunhas. 

O vereador Beto Castro, que é coordenador da campanha do governador Carlos Brandão (PSB) em São Luís, tentou apaziguar a situação, mas não impediu o crime. 

Momentos após a execução, foi revelada a identidade do autor dos disparos. Trata-se de um homem identificado como Júnior, filho do diretor de um jornal de São Luís. Após o crime, ele evadiu-se do local e continua foragido.  

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: