Debate

Brandão confirma participação em Debate na Mirante

Após fugir de todos os debates promovidos pelas emissoras de TV locais, o governador-tampão Carlos Brandão (PSB) confirmou a presença no debate entre os candidatos ao governo do Maranhão que será promovido pela Mirante na noite desta terça-feira, 27.

Pelo menos a informações consta na agenda oficial divulgada pela assessoria do governador.

Além de Brandão, devem participar os candidatos Weverton Rocha (PDT), Lahesio Bonfim (PSC), Edivaldo Holanda Júnior (PSD), Simplício Araújo (Solidariedade) e Enilton Rodrigues (PSOL).

Este será o último confronto entre os candidatos antes do primeiro turno das eleições, marcado para o próximo domingo, dia 2. Em todos os outros debates, Carlos Brandão fez questão de fugir, da mesma forma como o seu mentor político Flávio Dino nos encontros entre os candidatos ao Senado Federal, para não ter que dar explicações sobre o fracasso que foi a gestão estadual ao longo dos últimos anos.

Brandão esteve presente somente no debate promovido pelo portal Imirante no dia 1º de setembro. Foi ao local apenas por se sentir “em casa”, afinal, estava em um dos veículos controlados pela família Sarney que declaradamente o apoia nestas eleições.

Mesmo assim, o desempenho de Brandão foi desastroso. Sem conseguir articular as próprias ideias, o governador-tampão estava completamente perdido e mostrou total desconhecimento do governo que ele mesmo fez parte (veja aqui). 

Dessa vez, espera-se que o governador tenha feito o dever de casa e se preparado minimamente para o debate, pois ele terá muito o que explicar ao eleitorado maranhense.

É obrigação de Brandão explicar por que, depois de quase oito anos de fundação da “República do Maranhão”, o estado ainda ostenta os piores indicadores econômicos e sociais do Brasil, com milhares de famílias enfrentando a fome e o desemprego.

Além disso, o governador-fujão também deve explicar por que o seu sobrinho-secretário Daniel Itapary Brandão estava na cena de um crime que terminou na morte do empresário João Bosco no mês passado e que acabou revelando um gravíssimo esquema de corrupção na Secretaria Estadual de Educação (Seduc).

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: