Caso João Bosco

Novas imagens mostram “rapaz careca” com Beto Castro, João Bosco e Gibson Cutrim

Novas imagens divulgadas com exclusividade pelo blog do jornalista Jeisael Marx mostram que o “rapaz careca”, revelado pela primeira vez no depoimento de Eliza Maria Pereira, não apenas esteve na cena do crime como conversou por um momento com o vereador Beto Castro (Avante), João Bosco e Gibson Cutrim.

Os quatro estiveram reunidos por alguns minutos antes de Gibson Cutrim executar João Bosco no dia 19 de agosto em frente ao Edifício Tech Office, na Ponta do Farol. 

Minutos antes do assassinato, o “rapaz careca” levanta-se da mesa e se dirige ao interior do edifício. Em seguida, Beto Castro e João Bosco iniciam uma discussão com Gibson Cutrim que termina no assassinato de Bosco.

Até o momento, a polícia civil, mesmo sabendo de quem se trata o “rapaz careca”, se nega a revelar a sua identidade. Todos os que estão à frente do caso preferem manter o silêncio.

Em depoimento, Gibson Cutrim, que já está em liberdade, afirmou que cometeu o assassinato após ter sido pressionado por João Bosco a pagar ao vereador Beto Castro 50% do valor de um contrato firmado entre a Secretaria Estadual de Educação (Seduc) e uma empresa de vigilância. O valor total do contrato era de mais de R$ 778 mil.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: