COBRANÇA

Presidente da OAB/MA defende prisão de policial que agrediu advogada

O presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – seccional Maranhão (OAB/MA), Kaio Saraiva, se posicionou sobre o caso de agressão a uma advogada, no último final de semana, na cidade de Pinheiro.

Em sua fala, em vídeo divulgado nesta terça-feira (25/10), Saraiva afirmou ter recebido as informações do ocorrido com indignação e repulsa, cobrou a prisão do agressor – um policial civil – e defendeu as prerrogativas da advocacia.

Saraiva reiterou total repúdio a qualquer tipo de violência, sobretudo contra advogados e advogadas.

O CASO

A advogada Betty Aroucha estava voltando de carona para São Luís com o também advogado e professor universitário, José Mariano Muniz Neto, quando se envolveu em um acidente de trânsito, na zona urbana de Pinheiro.

Segundo as vítimas, quando prestavam assistência a outra pessoa envolvida no acidente, foram abordados pelo policial civil Redson Menezes.

Descontrolado, ele agrediu a advogada com tapas e empurrões.

As imagens da violência circularam pelas redes sociais e grupos de WhatsApp nos últimos dias. O agressor foi afastado de suas funções.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: