Futuro governo

Aliados de Lula reforçam que escolha de ministros não deve desfalcar o Senado

Aliados próximos do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reforçaram que a escolha dos próximos ministros não deve desfalcar o Senado, sob o risco do enfraquecimento da bancada progressista no Congresso Nacional.

“A prioridade tem que ser o Senado, isso vai ser levado em conta na hora de formar o governo, com certeza”, disse um petista que participa das discussões da transição.

Outra fonte ouvida, um parlamentar, afirmou que “não dá para segurar o Senado apenas com suplentes”. Essa preocupação já percorria as conversas durante a campanha presidencial e agora, na transição, voltou à tona.

O presidente eleito Lula conta, no grupo de parlamentares eleitos em outubro, com nomes de aliados experientes como Omar Aziz (PSD-AM), Flávio Dino (PSB-MA) e Wellington Dias (PT-PI). Os recém-eleitos e os demais senadores progressistas terão de fazer frente a nomes como Sergio Moro (União-PR), Damares Alves (Republicanos-DF) e o atual vice-presidente Hamilton Mourão (Republicanos-RS), entre outros.

Com informações do Uol

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: