reação

Comunistas ligam alerta após gestos de Brandão a Braide

Acostumados a “pedir cabeças” de adversários políticos e jornalistas, comunistas que ainda circulam nos arredores do Palácio dos Leões demonstraram certo incômodo com os gestos do governador Carlos Brandão, do PSB, ao prefeito de São Luís, Eduardo Braide.

Brandão e Braide trocaram gentilezas durante toda a reunião da bancada federal, realizada na tarde da terça-feira (08) para apresentação de projetos e discussão das emendas de bancadas relativas ao próximo ano. 

A conversa de pé de ouvido, registrada pelo Marrapá com exclusividade, correu feito pólvora nos grupos de WhatsApp governistas, deixando entusiastas das pré-candidaturas de Márcio Jerry, Paulo Victor e Duarte Júnior à prefeitura da capital com a pulga atrás da orelha. 

Braide apresentou projetos para as reformas do Socorrão II e do Mercado Central, além de buscar captar recursos para a realização de drenagem profunda em bairros da capital. O sucessor de Flávio Dino chegou a apoiar algumas das demandas apresentadas pelo prefeito. 

O encontro entre o governador reeleito e o senador Weverton Rocha, do PDT, também incomodou os comuno-socialistas. Os dois se cumprimentaram nos corredores do Congresso Nacional e até dividiram a mesa em alguns momentos da reunião com deputados e senadores.

Um simples aperto de mão entre os dois adversários na disputa deste ano pelo governo abriu margem para especulações, na imprensa comunista, sobre uma hipotética reaproximação do pedetista com o grupo brandonista.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: