Transparência

Simplício questiona corte de gastos no governo Brandão “Onde será aplicado o dinheiro?”

Ex-secretário de Indústria e Comércio, Simplício Araújo (Solidariedade) utilizou as redes sociais para questionar o corte de gastos de mais de R$ 300 milhões promovido pelo governador Carlos Brandão (PSB).

Na avaliação de Simplício, falta transparência sobre os cortes, que incidem principalmente na contratação de empresas para a prestação de serviços públicos no estado.

“Onde será aplicado esse dinheiro? Onde está garantido que não haverá demissões. Houve cálculo para o impacto disso? Serão mais de 300 milhões a menos circulando na economia maranhense”, questionou Simplício. 

Segundo o governo, a redução será na ordem de R$ 313.989.847,20, realizada a partir de cortes nos processos de registro de preço feitos pela Secretaria de Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores (Segep) em 2022.

Comentários estão desativados

Uma resposta para “Simplício questiona corte de gastos no governo Brandão “Onde será aplicado o dinheiro?””

  1. jose carlos silva disse:

    Pelo o que entendi, o Governo do Estado negociou preços, só que para menor. Ocorre, que determinados gestores ADORAM AJUSTAR preços para CIMA, não suportam ajustes para BAIXAR PREÇOS. Por que será? Simplício poderia explicar.

%d blogueiros gostam disto: