Paralisação

UPAs em São Luís continuam com atendimento parcial

Há mais de uma semanas, os médicos que atuam nas Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da Grande São Luís, de responsabilidade do Governo do Estado, estão atendendo apenas os casos mais graves em virtude do atraso de 90 dias no pagamento dos salários. 

Os pacientes que chegam em qualquer uma das UPAs, se não estiverem enquadrados em um caso considerado grave, são encaminhados para outras unidades em busca de atendimento.

A situação já havia sido denunciada pela imprensa, inclusive pelo Marrapá, logo no início da paralisação (veja aqui), mas até o momento o atendimento nas unidades ainda não foi normalizado.  

Enquanto isso, pacientes que necessitam dos serviços prestados pelas UPAs estão sendo prejudicados.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: