SERÁ QUE ELE VAI?

Presença de Dino é dúvida na posse de Brandão

A relação estremecida e a agenda repleta de compromissos de Flávio Dino (PSB) podem ser as possíveis justificativas para o não comparecimento do senador eleito à posse de Carlos Brandão (PSB), no dia 1º de janeiro.

No mesmo dia em que o governador será empossado em seu novo mandato pela Assembleia Legislativa do Maranhão, os olhares de todo o país estarão voltados para Brasília, onde Luiz Inácio Lula da Silva (PT) toma posse de seu terceiro mandato presidencial.

Além disso, no mesmo dia, Dino se torna Ministro da Justiça e Segurança Pública do Governo Federal, o que converte sua presença na capital federal em indispensável.

Um esforço até poderia ser feito pelo ex-governador para se fazer presente na posse daquele que conseguiu eleger sucessor, se a amizade entre os dois ainda fosse a mesma.

Visivelmente rachados por conta da disputa pelo comando da Mesa Diretora da Alema e por outras contendas passadas e futuras, Dino e Brandão só se aproximam quando o encontro é realmente necessário.

Havendo desculpas plausíveis e alternativas válidas, ambos têm se evitado, algo que já é translúcido no meio político.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: