RESPOSTA

Dino reage a pedidos de prisão: “não sou profeta”

Em reação aos pedidos de prisão movidos pelo deputado federal eleito Nikolas Ferreira (PL-MG) e pelo senador Marcos do Val (Podemos-ES), Flávio Dino se defendeu.

Em nota, divulgada em suas redes sociais, Dino citou artigo constitucional que fala das atribuições das polícias, reafirmou a competência da Polícia Federal como polícia judiciária e citou “base real” para a proposição de intervenção federal, após os acontecimentos do último domingo (08/01).

“Não sou profeta. Tampouco engenheiro de obra pronta…”, finalizou.

Comentários estão desativados

Uma resposta para “Dino reage a pedidos de prisão: “não sou profeta””

  1. Albuquerque disse:

    E quanto ao desvio do dinheiro do FEPA, e escândalo dos respiradores que viraram éter, as promoções ilegais de Oficiais da PMMA, isso tudo também é desvario da direita Professor de Deus?

%d blogueiros gostam disto: