DIFERENÇAS

O tapa de luva de Brandão em Flávio Dino

O tapa de luva de Brandão em Flávio Dino

Na última quinta-feira (05/01), ao repercutir a posse da ministra do Planejamento e Orçamento, Simone Tebet (MDB), o governador Carlos Brandão (PSB) aproveitou para apontar diferenças cruciais entre ele mesmo e seu antecessor, o ex-governador Flávio Dino (PSB).

“A ministra @simonetebetbr destacou em sua posse o caráter democrático do presidente @LulaOficial, ao incluir em seu governo visões diferentes sobre a economia”, iniciou Brandão o raciocínio antes de cutucar Flávio:

“Tenho dito o mesmo aqui no Maranhão: vamos continuar dialogando com todos porque é assim que se faz um bom governo”, arrematou.

É de conhecimento geral, especialmente da classe política maranhense, o estilo Dino de governar para os seus e para aqueles que se sujeitassem a ele. Apenas.

Na linha totalmente contrária, Brandão se mostrou aberto ao diálogo desde o primeiro dia em que assumiu o Governo do Maranhão, em abril do ano passado.

A aglutinação de atores políticos que, antes, eram hostilizados pelo antecessor, agora em papel de protagonistas da transformação do estado é visível a quem acompanha o dia a dia do Palácio dos Leões, sob o comando do governador reeleito.

Até mesmo a linha de comunicação de Brandão mudou a olhos vistos após a saída do antigo titular da Secom, umbilicalmente ligado ao agora Ministro da Justiça – de quem é subordinado.

Permitindo espaço, até mesmo, para tapas de luva de pelica, com classe, de forma sutil e elegante.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: