Constrangimento

Em Duque Bacelar, comitiva do Governo do Estado passa vergonha

Em Duque Bacelar, Sebastião Madeira, secretário da Casa Civil, e toda a comitiva palaciana foram constrangidos durante a inauguração de uma praça na cidade nessa terça-feira, 20. 

Sob as ordens do governador-tampão Carlos Brandão (PSB), os representantes do governo se dirigiram à cidade para inaugurar a praça e fazer a velha distribuição de cestas básicas em troca de votos para os candidatos palacianos (veja aqui). 

No entanto, o prefeito da cidade, Flávio Furtado (PDT), por ser aliado de Weverton Rocha (PDT), não foi convidado para a inauguração do logradouro. Mesmo assim, o gestor não apenas apareceu no local com centenas de apoiadores de Weverton, como também subiu ao palco e discursou. 

Visivelmente constrangidos, os representantes do governo presentes, Sebastião Madeira, Fábio Gentil e Lívio Mendonça, não tiveram outra opção a não ser ouvir calados o discurso de Flávio Furtado. 

“O Estado não está entendendo que quem tem que ser anfitrião do governo é o prefeito eleito. É ele que está legitimado por 66% dos votos válidos. Não vamos inverter a ordem das coisas”, disse o gestor. 

Deixe um comentário