Dominador

Em nota, PT repudia tentativa de Dino de monopolizar Lula

Integrantes do Partido dos Trabalhadores (PT) divulgaram uma nota repudiando a tentativa de Flávio Dino (PSB) de querer monopolizar a campanha do ex-presidente Lula (PT) no Maranhão.

Nos últimos dias, Dino se autoproclamou coordenador da campanha do ex-presidente no estado e vem organizando reuniões de um grupo que ele batizou de “Time de Lula no Maranhão”.

No entanto, tal atitude está sendo repudiada por integrantes do PT no Maranhão que fizeram questão de lembrar ao ex-governador que ele faz parte do PSB, logo, não integra a federação PT/PCdoB/PV. Por isso, Dino não tem legitimidade para falar com exclusividade por Lula. 

“Compreendemos que os aliados devem ser tratados com respeito e de que a condução sobre a campanha do Presidente Lula, deve ser definida dentro da instância partidária, além do mais é importante frisar que o nobre e ex-governador é do PSB, portanto não faz parte da Federação PT, PCdoB e PV. Além disso, a campanha do presidente Lula não pode ser encarada como exclusividade de ninguém”, destaca a nota.

Os petista mais uma vez repudiaram a imposição de Dino em escolher Felipe Camarão como vice na chapa de Carlos Brandão e lembraram que essa definição apenas pode ser feita no Encontro de Tática Eleitoral, marcado para os dias 28 e 29 deste mês.

“Outro ponto que precisa ficar claro é que a decisão sobre a política de aliança e consequentemente nomes para o senado e para vice-governador na qual o PT vai apoiar, será definido no Encontro Estadual de Tática Eleitoral, a ser realizado nos dias 28 e 29 do decorrente mês. Portanto, a propaganda feita pelo ex-governador colocando Felipe Camarão como vice no card do Lançamento da Campanha de Lula no Maranhão se constitui uma afronta aos princípios democráticos do PT”, finaliza a nota.

Veja abaixo a nota:

NOTA POLÍTICA PETISTAS DE BASE RESISTEM E NÃO ACEITAM IMPOSIÇÃO

Deixe um comentário