Arrependido

Lahesio recua após pressão de Aluísio

Após ser enquadrado pelo deputado federal Aluísio Mendes, presidente estadual do PSC, Lahesio Bonfim recuou se diz arrependido pela declaração que deu em entrevista a uma rádio no interior (veja aqui). 

Na entrevista, o ex-prefeito de São Pedro dos Crentes desautorizou Aluísio, presidente do partido que o acolheu para disputar as eleições deste ano, quando o deputado declarou apoio à reeleição do senador Roberto Rocha (PTB) e disse qual seria o posicionamento da sigla em um eventual segundo turno. 

“O foco do Lahesio Bonfim é o governo do estado. O Aluísio Mendes não tem procuração para falar pelo Lahesio Bonfim. Ele foi lá falar pelo partido dele, o PSC. O Lahesio Bonfim está focado em ser governador”, disse Lahésio na entrevista. 

Após a infeliz declaração, Aluísio Mendes chamou Lahesio para uma conversa e, após o médico ver a possibilidade de mais uma vez ficar sem partido, ele recuou e disse que foi infeliz na declaração. 

“Aluísio acredita muito no nosso projeto e ele é uma das pessoas que mais incentivam, tanto é que ele me colocou no partido na qual ele é presidente. Errar é humano e reconheço que errei na declaração em razão do calor da campanha, as pessoas aproveitaram a deixa para criar uma narrativa e fazer repercutir. Acho que fui infeliz na declaração porque o Aluísio é o presidente do meu partido, ele não precisa de procuração nenhuma para falar sobre mim pois ele é o presidente, faço parte do partido e tenho que respeitar ordens superiores”, 

Deixe um comentário