Proibição

PP nacional veta as coligações com o PT em todos os estados

O diretório nacional do Partido Progressistas (PP) anunciou, nesta terça-feira, 2, a suspensão da coligação da sigla com o Partido dos Trabalhadores (PT).

O veto foi divulgado após a cúpula do Progressistas entrar com ação na Justiça Eleitoral no Piauí, estado do ministro da Casa Civil e senador licenciado do PP, Ciro Nogueira, solicitando a proibição de veiculação de imagens que mostrem o presidente Jair Bolsonaro (PL) ao lado de candidatos apoiados pela legenda em disputas estaduais.

Em nota, o presidente interino do Progressistas, deputado Claudio Cajado (BA), anunciou que serão vetadas quaisquer aliança entre a sigla com o PT.

“O Diretório Nacional do Progressistas informa que a sigla não irá fazer coligação com o Partido dos Trabalhadores em nenhum estado brasileiro. O PP oficializou, por meio de convenção nacional, coligação com o PL e apoio à reeleição do presidente Jair Bolsonaro”, afirmou o dirigente.

Com informações do portal Metrópoles.

Deixe um comentário