EUA x Irã: agronegócio teme retaliação e pede neutralidade do Brasil - Marrapá

Destaque

EUA x Irã: agronegócio teme retaliação e pede neutralidade do Brasil

O agronegócio acompanha com preocupação os desdobramentos da posição brasileira em relação ao conflito entre Estados Unidos e Irã.

O setor é o principal beneficiário das transações comerciais do Brasil com o país do Oriente Médio.

O Irã foi o segundo maior importador de milho, o quinto maior comprador de soja e o sexto maior de carne bovina do Brasil em 2019, segundo o Ministério da Economia.

Para o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Alceu Moreira (MDB-RS), o Brasil precisa se manter neutro e evitar que eventuais embaraços diplomáticos contaminem os negócios entre os dois países. (Congresso em Foco)