Notícia

Alcione critica presidente da Fundação Palmares em live: “eu dou na cara dele, minha colega”

Na última quarta-feira (3/6), a cantora Alcione participou de uma live com a sambista Teresa Cristina. Durante a participação, a artista criticou o presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo. “Eu vi uma matéria daquele ‘Zé ninguém’ da Fundação Palmares… Eu dou na cara dele, minha colega, para parar de ser um sem noção”, disse Alcione.

“A gente vê tanto sofrimento. Você vê os negros americanos naquela batalha, por causa daquele senhor que morreu com aquele filha da mãe com o joelho nele. A gente vê as coisas que acontecem no Brasil, com bala perdida e tudo. Então a gente vê uma pessoa da nossa cor falando uma besteira daquelas, tenho vontade de arrancar da televisão e encher de porrada pra virar gente”, continuou a cantora.

Comentários estão desativados

3 respostas para “Alcione critica presidente da Fundação Palmares em live: “eu dou na cara dele, minha colega””

  1. Lay frade disse:

    Não sei qual o pior dos dois, o que desconhece a sua própria história ou a outra que sem pudor nenhum, simplesmente, diz que vai dar na cara do outro.
    Esse mundo tá ficando cada vez mais confuso.

  2. CLÁUDIO disse:

    Alcione tá corretíssima, esse tapa na cara que ela referiu, é uma forma de criticar ,mais um tosco desse desgoverno brasileiro. Valeu Marrom!

  3. José Ribeiro disse:

    Quem é Alcione mesmo? Ah sim, aquela pseudo cantora, sambista, que se diz maranhense, que diz que ama o Maranhão, mas que a décadas vive e reside no Rio de Janeiro. E, agora vem querer dar uma de valentona, cagando pela boca, desferindo ameaças físicas contra pessoas, em especial o presidente da fundação palmares?
    Não sou negro, mas tenho parentes que são, muitos amigos e colegas de profissão e adoro, bem como tenho muito respeito a eles e fico indignado quando acontece algum ato racista. Já emr elação a tal da Alcione não se pode dizer o mesmo, pois só estava em evidência quando o estado do Maranhão era governado pelo grupo Sarney, bem como pelo apoio escancarado dela para a ORCRIM chamada PT. Se enxerga mesmo, Alcione! Não queira dar uma de oportunista, ok?