Notícia

Irmão do vice-prefeito de Imperatriz pode ser demitido após abandonar o trabalho

O apóstolo Adivando Júnior, irmão do vice-prefeito de Imperatriz, pastor Alex, poderá ser demitido do município por abandono de trabalho. Adivando está morando nos Estados Unidos desde o mês de março, mesmo assim continua recebendo salários da Prefeitura.

Nesta sexta-feira, 25, o jornal O Progresso publicou despacho da Procuradoria Geral do Município em que informa que foi aberto processo de demissão do servidor, lotado na Secretária de Agricultura como médico veterinário.

A PGM afirma que foi comprovado o abandono das funções depois de 30 dias sem comparecer ao serviço, o que por lei é punido com demissão por justa causa, seja concursado ou não. A Comissão de Processo Administrativo Disciplinar deu um prazo de cinco dias para defesa do irmão do vice-prefeito.

Adivando está no Estado de Atlanta, onde comanda um programa na Rádio MSBM FM, emissora do Ministério Semeadores da Boa Vontade e também participa de um programa chamado América Sem Drogas. Ele chegou  a postar nas redes sociais que estaria de licença para fazer um curso de qualificação no exterior, mas com o processo aberto pela PGM fica comprovada a farsa/.

O vice-prefeito ainda tentou criar embaraços a imprensa e acusou blogueiros de extorsão, mas tudo foi em vão. Afinal, Adivando virou um fantasma na Prefeitura de Imperatriz durante três meses, recebendo salários enquanto morava nos EUA, tudo isso aos olhos do prefeito Assis Ramos, que se acostumou a tomar atitude apenas quando o escândalo surge na mídia.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.