representação

Shows de Joelma e Pedro Sampaio em São Luís são alvo de denúncia

O Tribunal de Contas do Estado recebeu na última semana a denúncia formulada pelo professor de música Wesley Sousa Corrêa. Na representação, entregue na semana passada, o docente contesta o valor pago pela Prefeitura de São Luís por shows de artistas nacionais, como Pedro Sampaio e Joelma, para o Carnaval da Cidade, afirmando que não houve estudo detalhado justificando o preço das atrações.

O documento aponta “riscos iminentes aos cofres públicos” provocados pelas contratações, por se tratar de um evento que já está ocorrendo. A cantora paraense se apresentou no dia 20 de janeiro, enquanto o DJ carioca fez sua performance no sábado seguinte (27).

No caso de Pedro Sampaio, é apontado que o contrato celebrado pela Secretaria Municipal de Cultura (Secult) de São Luís foi de R$ 390 mil e cita que, “conforme exposto em diversos sites”, o DJ e produtor musical cobraria um cachê médio de R$ 100 mil. “O valor pago pela gestão de São Luís é maior que o triplo cobrado pelo artista em outras cidades”, afirma trecho da representação.

Joelma e a banda que a acompanha teriam sido contratados por R$ 450 mil. “Nesse caso também não houve pesquisa de preço convencionado pela artista para suas apresentações”, aponta o documento, mostrando que ela se apresentou no aniversário de São Luís, em setembro passado, por R$ 250 mil. Oito dias antes de voltar à capital maranhense, ela teria sido contratada por uma cidade cearense por R$ 200 mil.

O autor pede que seja realizada a oitiva da Prefeitura de São Luís e das secretarias municipais envolvidas e que, se identificada ilegalidade na contratação das atrações, haja o ressarcimento ao erário dos prejuízos e suspensão da contratação.

Em nota, a Secult informou que “todos os processos de contratação foram realizados obedecendo aos critérios legais” e que “será apresentada resposta à representação feita junto ao TCE-MA, no prazo estabelecido”.

Comentários estão desativados

2 respostas para “Shows de Joelma e Pedro Sampaio em São Luís são alvo de denúncia”

  1. Maria da Pindoba disse:

    O valor se justifica pelo marketing em favor do prefeito. Todos os artistas até agora associaram sua imagem a do prefeito, fazendo elogios, gracejos, desafios ao público. Braide chamou pessoalmente ao palco todas as atrações, tirou fotos, deu lembrancinha, tudo isso aos gritos de “já ganhou!!” vindos do públicos. Cena que perfeitamente de propaganda política antecipada, promoção pessoal.

  2. Boca do Inferno disse:

    Doido para aparecer ou prestar vassalagem a alguém. Cara, toma tenência! Se queres aparecer, compra um espanador colorido. Se és guloso, deixa o cabo todo, mas se és comedido, serra a metade do cabo. |Aí enfia o cabo no “buraco do Azevedo” e sai rebolando. Vais aparecer mais ainda!