Sem acordo

Começa o pagamento do Fundef, mas imblóglio continua

O vice-governador Felipe Camarão usou as redes sociais para anunciar o início do pagamento das verbas do Fundef aos professores da rede estadual. Nesta primeira etapa, receberão os professores ativos.

Os pagamentos precisaram ser reprogramados por causa do bloqueio de 15% do valor para honorários de advogados do Sinproesemma. A nova data foi colocada para esta semana, após o também secretário de Educação receber manifestantes para conversar na última sexta-feira (10). O novo calendário foi antecipado pelo Marrapá.

No dia 17, devem receber os professores aposentados, e no dia 20, os desligados, pensionistas e herdeiros. O racha com o sindicato da categoria, no entanto, segue longe de terminar.

“A luta agora é pelos 15%,” escreveu Camarão ao falar sobre o início dos pagamentos. Além do recurso na corte superior, ele também pede a expulsão do presidente do Sinproesemma, Raimundo Oliveira, do Partido dos Trabalhadores (PT).

Qual sua opinião?