Sob controle?

Inundações no Maranhão já preocupam Lula

Os impactos das chuvas no Maranhão já começam a preocupar o presidente Lula. A informação foi divulgada pelo jornalista Ricardo Noblat, do Metrópoles, neste sábado (11).

O temor do governo é que a situação possa evoluir de tal forma que se assemelhe à do sul do país. Por lá, o governo federal enfrenta questionamentos sobre a velocidade da resposta à crise.

A Defesa Civil do Maranhão chegou a divulgar que haviam 1.031 famílias desabrigadas e 2.909 desalojadas até sexta-feira (10). Trinta cidades estão em estado de emergência.

A informação foi desmentida pelo próprio governo. Ele afirmou que o número de afetados se trata, na verdade, de um acumulado do ano de 2024. A administração estadual também garantiu que não há pessoas em abrigos públicos por motivos climáticos.

Ainda na sexta-feira (10), no entanto, o governador Carlos Brandão visitou uma área alagada em Barreirinhas, que tem 15 bairros nessa situação e conta até com bombas para tentar aliviar a inundação. A cidade é uma das que estão em estado de emergência.

Qual sua opinião?