CASOS DE FAMÍLIA

Pai de Wendell Lages quer dinheiro de volta após derrota do filho

Antônio Barbosa Lages, empresário e pai do deputado estadual Wendell Lages, está “fulo da vida” com o insucesso eleitoral do filho.

Um dos apontados como culpado pelo fraco desempenho é o ex-titular da SEINC, Expedito Júnior, que teria recebido 700 mil reais por uma dobradinha infrutífera – Expedito foi candidato a deputado federal.

É o que relata o empresário em carta pública que está circulando pelas redes sociais e grupos do WhatsApp.

No relato, Antônio diz ter pagado R$ 600.000,00 a Expedito por cinco mil votos em Bacabal – que depois se tornaram quatro mil.

Ao fim da apuração, Wendell teve menos de 500 votos na cidade, sendo a maioria votos considerados “certos” ao deputado estadual que tentava a reeleição.

Para um bom desempenho em São José de Ribamar, o empresário diz ter investido outros R$ 100.000,00.

Wendell não teve voto algum na cidade balneária.

Ao todo, Wendell Lages teve 23.183 votos e estará na condição de suplente a partir de fevereiro de 2023. Expedito Júnior, com 10.956 votos, estará na mesma condição.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.

%d blogueiros gostam disto: