gesto

Após postagem do Marrapá, Josimar e Detinha se manifestam sobre prisão de Valdemar

Os deputados federais Josimar de Maranhãozinho (PL) e Detinha se solidarizaram na noite desta sexta-feira (9) ao presidente nacional de seu partido, Valdemar da Costa Neto, que foi detido na quinta-feira (8). As manifestações vieram após publicação do Marrapá, apontando o silêncio do casal sobre o ocorrido.

“Minha solidariedade ao companheiro e amigo Valdemar da Costa Neto nesse momento difícil que o mesmo segue vítima de perseguições. Conheço e confio em @valdemarcostaoficial, sei da sua integridade e compromisso. Não podemos aceitar essa situação arbitrária motivadas por questões políticas”, declarou Josimar.

Detinha, em sua publicação no Instagram, repetiu o marido.

Valdemar foi detido por porte ilegal de arma de fogo, encontrada durante operação que teve como alvo aliados de Jair Bolsonaro (PL) que estariam envolvidos em planos para manter o ex-presidente no poder após a derrota eleitoral de 2022.

Na audiência de custódia, realizada na manhã desta sexta-feira (9), ficou definido que Valdemar seguirá preso.

Comentários estão desativados

Uma resposta para “Após postagem do Marrapá, Josimar e Detinha se manifestam sobre prisão de Valdemar”

  1. Eduardo disse:

    Pessoas da mesma subespécie geralmente se protegem, se abraçam.
    Subespécie como estas, são capazes de doarem a própria alma ao demônio para conseguirem o que querem. Josimar que não é do Maranhão mas, é maranãozinho. Um dos maiores dilapidadores do patrimônio brasileiro defendendo Valdemar, que como todos nós sabemos, é um dos maiores “MENSALEIROS” do Brasil. (sic erat scriptum) Assim está escrito.