Barrigada: Empresa nega contrato com associação fantasma Vera Macieira

ilhinha-5-2 (1)Deputados estaduais visitaram a sede da empresa Sonortec, citada no escândalo das estradas fantasmas contratadas pela Associação Vera Macieira

Na ânsia de atacarem o governador Flávio Dino (PCdoB) e induzidos pelo conteúdo divulgado por sites apócrifos, sem nenhum rigor jornalístico, os blogueiros ligados ao grupo Sarney erraram mais uma vez ao publicar que a Secretaria de Agricultura do Estado contratou uma empresa acusada de desviar recursos públicos, por meio do escandaloso convênio firmado entre a Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social (Sedes) e a Associação Vera Macieira, durante o governo de Roseana Sarney (PMDB).

Ao contrário do noticiado pelos blogs do Sistema Mirante, foi a empresa Sociedade Norte Técnica de Construção (Sornotec), não o Instituto de Agronegócios do Maranhão (Inagro), que recebeu pagamentos do ex-secretário Fernando Fialho no famigerado caso das estradas fantasmas do Araçagy.

Na época, os deputados Marcelo Tavares (PSB), Othelino Neto (PCdoB), Rubens Pereira (PCdoB) e Bira do Pindaré (PSB) atestaram in loco a inexistência das obras e constataram que a sede da Sornotec não funcionava no local informado no extrato do convênio. O episódio foi amplamente divulgado pela imprensa e denunciado ao Ministério Público Estadual.

Em nota divulgada à tarde, a Inagro afirmou que não tem qualquer ligação com a Associação Vera Maceira, explicando que o único contrato que assinou com o Governo do Estado do Maranhão foi para a construção de uma estrada no município de Tuntum.

“Informamos, também, que nunca fomos denunciados por Flávio Dino e nem por qualquer deputado ligado a ele”, diz um trecho do documento.

A entidade anunciou que vai processar todos os envolvidos com a divulgação da notícia falsa.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.