preconceito

Roberto Rocha pode responder pelo crime de transfobia

O Imirante informa que o senador Roberto Rocha, sem partido, deve ser denunciado pelo crime de transfobia.

O site da família Sarney diz em primeira mão que o jornalista Francisco Gonçalves, titular da Secretária de Direitos Humanos de Flávio Dino, pretende acionar a Defensoria Pública, a Procuradoria Geral do Estado e o Ministério Público do Maranhão para que tomem as devidas providências no sentido de enquadrar o parlamentar maranhense pelos comentários depreciativos feitos contra a adolescente Bota Pó, digital influencer de 16 anos.

Em postagem publicada na terça-feira (26) e apagada após a repercussão negativa, Rocha, o autointitulado Asa de Avião, critica a participação de Bota Pó em uma peça publicitária destinada a divulgar as ações da Secretaria de Educação do Maranhão.

“Em vez de colocar como garoto propaganda um maranhense que tenha se destacado em alguma área, preferiu colocar um jovem homossexual assumido fazendo o papel de menina”, publicou o senador eleito, em 2018, debaixo do sovaco de Flávio Dino.

Em nota divulgada ainda na noite ontem, Roberto Rocha tentou se desculpar pelo ocorrido, mas a emenda saiu pior que o soneto.

“Propagandas existem para influenciar pessoas. E não acho correto que o dinheiro público seja utilizado para influenciar crianças, mesmo que indiretamente, em relação a um assunto tão delicado e complexo”, justificou Asa, reiterando o ataque à influencer de Bacabal.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.