enquanto concursados aguardam

Polícia Civil pretende gastar R$ 5 milhões com servidores terceirizados

A Polícia Civil do Maranhão pretende gastar mais de R$ 5 milhões com a contratação de servidores terceirizados.

Os prestadores de serviço provisórios devem atuar no apoio administrativo do departamento de Tecnologia da Informação por, no mínimo, 12 meses.

O pregão para a contratação ocorre no dia 5 de outubro, sob a justificativa de que “a Polícia Civil dispõe de um quadro de servidores que não atende minimamente a atividade meio do órgão”.

O certame prevê a contratação de 54 pessoas com salários entre R$ 1.300,00 e R$ 6.500,00, nas funções de analista e técnico de Tecnologia da Informação. 

Deixe um comentário