Liberdade

Ex-candidato a vice em Paço que matou vizinho no RJ é solto pela Justiça

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro mandou soltar o sargento da Marinha Aurélio Alves Bezerra, de 41 anos de idade. Ele foi preso em fevereiro após matar a tiros o vizinho Durval Teófilo Filho, de 38 anos, que confundiu com um assaltante. 

Aurélio Alves foi candidato a vice-prefeito na cidade de Paço do Lumiar na chapa de Karla Maria (PSC) nas últimas eleições municipais de 2020 (relembre aqui). 

Na decisão do desembargador Cairo Ítalo França David, da 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, afirmou que, após sete meses, Aurélio Bezerra teve tempo “para meditar acerca dos fatos a si imputados”.

O militar da Marinha responderá pelo crime em liberdade. Ele terá que cumprir medidas cautelares, como se apresentar à Justiça regularmente, ficando proibido de se ausentar da cidade por mais de oito dias e de se comunicar com a família de Durval.

Comentários estão desativados

Os comentários estão desativados.