Abandonada por Roseana Sarney, Lagoa da Jansen estava literalmente secando

Obras de recuperação emergencial da Lagoa da Jansen

Governo iniciou obras emergências para evitar esvaziamento da Lagoa da Jansen.

Uma descoberta inusitada deflagrou uma obra de recuperação das comportas que ligam a Lagoa à Baía de São Marcos. É que um afundamento na estrutura que controla o volume de água da Lagoa estava simplesmente fazendo com que ela “vazasse” para o mar, e não tivesse água reposta.

A Secretaria de Infraestrutura do Estado detectou o problema e, na semana passada, iniciou os trabalhos para recuperar as comportas e garantir que a Lagoa volte a seu nível normal. Além dos serviços na comporta, também serão realizados reparos no piso sobre o canal, que apresenta rachaduras.

A obra emergencial não se confunde com outra, também muito importante, que é o fim do esgoto jogado direto na Lagoa. Na semana passada, Flávio Dino assinou ordem de serviço para acabar com 12 pontos que jorravam esgoto no local. Os outros 15 pontos serão eliminados até 2016, informa o presidente da Caema, Davi Telles.

O caso da Lagoa da Jansen é emblemático, apesar de ser mais um dentre os diversos casos de espaços públicos do Maranhão que foram abandonados ao longo dos anos pelo governo de Roseana Sarney.

Mesmo sendo um dos principais cartões-postais da Ilha, a Lagoa sofria por diversos anos com a falta de saneamento e de cuidados ambientais. Aliás, muitos milhões foram pagos por obras de limpeza que jamais se efetivaram nas gestões da ex-governadora.

Caçada pela Interpol, prefeita ostentação ganha destaque internacional

002-145

O sumiço da ex-prefeita foragida de Bom Jardim, Lidiane Leite (PRB), após ter a sua prisão decretada pela justiça, ganhou destaque também nos principais meios de comunicação do mundo.

Os portais de notícias BBC, The Telegraph e The Week deram destaque ao sumiço da jovem de 25 anos, acusada de cometer supostas fraudes em licitações e desvio de recursos da educação no município.

A Interpol acatou o pedido da Polícia Federal e incluiu o nome de Lidiane na lista de criminosos procurados internacionalmente.

Na última sexta-feira, a vice-prefeita Malrinete Gralhada (PMDB) foi empossada no lugar da “prefeita ostentação” pela Câmara Municipal de Bom Jardim.

Terreno do Sampaio foi vendido com CT e tudo, revela O Imparcial

Sérgio Frota representou dono do terreno em negociação de R$ 6,75 milhões com a Hispamix

Sérgio Frota representou dono do terreno em negociação de R$ 6,75 milhões com a Hispamix

Super Esportes – Após a invasão de uma parte do terreno do CT José Carlos Macieira, que seria pertencente ao Sampaio Corrêa, veio à tona o fato de que a Ação de Manutenção de Posse, ajuizada na 2ª Vara Cível de São José de Ribamar, está no nome de uma empresa chamada Hispamix Brasil Investimentos LTDA. Esta empresa é especializada em investimentos imobiliários, principalmente venda de imóveis, construção de edifícios e vendas de frações de terrenos.

A Hispamix está registrada no nome de dois sócios, José Domingos da Conceição Corrêa e José Manoel Gonçalves Pinto, e existe desde 2003. Em consulta ao Cartório de 1º Ofício de São José de Ribamar, constatou-se que a Hispamix comprou o terreno da sede do Sampaio Corrêa, de Antônio Cícero Oliveira Martins, em 16 de dezembro de 2009 por R$ 6,75 milhões (seis milhões e setecentos e cinquenta mil reais) e o dividiu em dois lotes: um com 100.000 m² e outro com 178.917 m², de igual valor (R$ 3,375 milhões cada).

O curioso de constatar no instrumento de compra e venda do imóvel é que o procurador do Sr. Antônio Cícero chama-se Sérgio Barbosa Frota, presidente do Sampaio Corrêa, que ocupa o cargo desde 2007.

O SuperEsportes tentou ouvir o presidente tricolor e outros diretores para esclarecimentos, mas não obteve êxito. Depois de muita insistência, conseguiu um contato com José Alberto de Moraes Rêgo (o Geografia), um dos mais velhos conselheiros do clube e antigo diretor de futebol entre 1996 e 2006, afirmou que o terreno era de propriedade do Sampaio Corrêa, apesar de estar registrado em nome de um instituto até a saída dele da administração do clube.

“Quando eu entrei em 1996, o terreno já estava quitado e regularizado em nome do Instituto José Carlos Macieira, e inclusive, foi adquirido do antigo proprietário, pelo clube, em cinco prestações e assim ficou até à nossa saída”, afirmou Geografia.

O ex-dirigente afirmou conhecer um pouco da relação entre o Sampaio Corrêa e a Hispamix, mas, apesar dos documentos, acredita que o negócio entre as duas partes não tenha sido efetivado, por problemas diversos.

“Até onde eu sei, houve um contrato de convênio com essa empresa, no qual o Sampaio cedia parte do terreno em troca de melhorias e benfeitorias na estrutura da sede social, mas não tinha nada de compra e venda”, completou.

O que aconteceu entre 2007 e 2009 que fez a propriedade do CT do clube passar do nome do Instituto José Carlos Macieira para o Sr. Antônio Cícero Oliveira Martins não foi explicado por ninguém dentro do Sampaio Corrêa.

Silêncio

Em nenhum momento do processo de manutenção da posse o Sampaio é citado como parte legal da ação. Segundo o diretor jurídico do clube, José Henrique Viveiros Vieira, o procedimento, os advogados do clube foram consultados, apenas o presidente Sérgio Frota tem conhecimento do ocorrido.

“Eu estou vendo esse processo todo de longe, e só o presidente pode responder sobre isso. A única coisa que eu posso dizer é que o terreno pertence ao Sampaio”, afirmou Viveiros, antes da reportagem ter encontrado o nome de Antônio Cícero.

Na semana passada, o presidente Sérgio Frota convidou a imprensa para uma entrevista coletiva, para falar sobre a invasão do terreno, mas em momento algum afirmou que a ação de manutenção da posse era da Hispamix.

Frota, que não atendeu nem retornou as ligação da reportagem do Superesportes, após divulgação da suspensão da liminar, uma semana depois, quando o assunto foi levado a conhecimento público, afirmou em entrevista rápida a um programa de televisão local, que o terreno é pertencente ao Sampaio Corrêa.

“O terreno é do Sampaio Corrêa, e nós temos uma parceria com a Hispamix para a construção de CT ‘modelo’ até para utilizar como instrumento de inclusão social”, afirmou.

Ocorre que não há indícios de informações de que houve, em algum momento, qualquer publicidade sobre os detalhes dessa parceria nem os benefícios para o Sampaio de um acordo com a empresa imobiliária.

Mistério

Para aumentar ainda mais o mistério sobre a documentação do CT José Carlos Macieira, o diretor de patrimônio, Luis Fernando Cadilhe, se desvencilhou de qualquer responsabilidade.

“Qualquer conversa sobre documentação, regularidade do terreno só o presidente Sérgio Frota pode explicar. Se houve alguma transferência ou no nome de quem está a escritura, eu não tenho conhecimento”, explicou Cadilhe.

Cadilhe ainda contou que os invasores têm ficado mais ousados com o passar do tempo em que permanecem com a posse do terreno.

“Outro dia de madrugada eles quebraram os canos de irrigação do campo e também tiraram todas as placas de publicidade, que ficam onde treinam os profissionais. E já ameaçaram invadir tudo, mesmo com nossa segurança privada”, afirmou.

Continue lendo…

PDT é o maior partido da Assembleia; Fábio Macedo será líder da bancada

Fábio Macedo é líder da maior bancada da Assembleia Legislativa

Fábio Macedo é líder da maior bancada da Assembleia Legislativa

Formada por cinco parlamentares, a bancada do PDT agora é a maior da Assembleia Legislativa do Maranhão, superando PMDB, PV e PCdoB.

Além do presidente Humberto Coutinho, o bloco é composto pelos deputados estaduais Fábio Macedo, Rafael Leitoa, Valéria Macedo e pelo neófito Glaubert Cutrim, que se filiou na última sexta-feira, durante o ato de adesão de 17 prefeitos ao partido.

No evento, o deputado estadual Fábio Macedo foi anunciado como líder da bancada pedetista pelo novo presidente estadual da legenda, o deputado federal Weverton Rocha.

Em conversa com o titular do blog, Macedo comemorou o fortalecimento da sigla fundada por Leonel Brizola e pelo saudoso ex-governador Jackson Lago.

– O PDT atualmente é um dos partidos mais fortes e com maiores representações em todo Maranhão. É uma honra e também grande responsabilidade ser líder do partido na Assembleia Legislativa. Vou lutar todos os dias para fortalecer o PDT aqui e, principalmente, levar a diante a defesa pelas causas trabalhistas e populares, colocando com firmeza e seriedade essas pautas, e também nas discussões do plenário – disse.

Dissimulado, Rocha deveria entregar cargos na gestão Edivaldo

Traiçoeiro, Roberto Rocha faz criticar abertas a Edivaldo, mas mantém aliados na gestão municipal.

Traiçoeiro, Roberto Rocha faz criticar abertas a Edivaldo, mas mantém dezena de indicações na gestão municipal.

Depois de declarar guerra ao prefeito Edivaldo Holanda Junior, do PDT, o ingrato Roberto Rocha (PSB) tem a obrigação de entregar os espaços que mantêm na gestão municipal.

Além das dezenas de cargos de segundo e terceiro escalão ocupados por familiares, amigos e correligionários, o senador fechou a porteira da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e segura a indicação do titular da Articulação Política com a clara intenção de sabotar o governo Holandinha.

Há cerca de dois meses, quando o PSB decidiu entregar todos os cargos na Prefeitura de São Luís, Racha bateu o pé e contestou a decisão do presidente estadual da legenda, o prefeito de Timon, Luciano Leitoa.

Agora, ao se declarar pré-candidato na capital contra o prefeito do qual foi vice até o final de 2014, o autointitulado ‘asa de avião’ bem que deveria ter a hombridade de tirar o seu time de campo.

Focado na administração, Edivaldo não se deixa levar pelos botes da cria política. Não se sabe, porém, se ainda é prudente sustentar o serpentário de Roberto dentro do Palácio de La Ravardière.

Além de João Abreu outros integrantes da cúpula do governo Roseana podem ser indiciados

????????????????????????????????????

Helena Haickel, Bringel e João Abreu também podem ser indiciados no caso Constran.

Acusado de receber R$ 3 milhões em propinas para facilitar o pagamento de precatórios à Construtora Constran, o ex-chefe da Casa Civil do Governo Roseana Sarney, João Abreu é apenas um entre os vários citados por delatores e envolvidos em esquemas de corrupção durante a gestão da ex-governadora.

A própria Roseana Sarney já é investigada pela Polícia Federal no caso. Roseana pode ser indiciada por formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Em um de seus primeiros depoimentos após assinar acordo de colaboração premiada, o doleiro Alberto Yousseff citou outros integrantes da cúpula sarneyzista além de João Abreu e da ex-governadora.

Trata-se de citados na investigação da Polícia Federal como líderes do esquema de suborno envolvendo o doleiro Alberto Yousseff e Ricardo Pessoa da construtora Constran:

Graça Cutrim

Segundo Youssef, a ex-presidente do Instituto de Previdência do Maranhão, Graça Cutrim teria participado de uma reunião para combinar os detalhes da operação de suborno, no dia 10 de setembro do ano passado, da qual participaram outros membros da cúpula do governo Roseana

Bringel

João Bringel, ex-secretário de Planejamento do Governo do Estado, foi apontado pela contadora de Yousseff como participante da reunião onde o doleiro acertou os detalhes de pagamento de propina para o governo Roseana.

Helena Maria Cavalcanti Haickel

Procuradora do Estado, também apontada como participante da reunião para combinar os detalhes da operação de suborno, no dia 10 de setembro do ano passado entre o governo Roseana, a Construtora Constran e o doleiro Alberto Yousseff.

Roberto Racha é vaiado em encontro do PSB; ouça