A Ana do Gás e o Gás da Ana

JM Cunha Santos

ana do gasE a Ana do Gás se tornou o inimigo público número 1 da classe política. Governo, oposição, esquerda, ultra-esquerda, direita, extrema-direita, todo aquele que se sente pouco gaseificado, ou seja, sem fôlego financeiro nessa campanha, ataca a candidata de Santo Antônio dos Lopes. O gás natural que ela usa na campanha, está, de fato, provocando muita turbulência e, em alguns casos, até explosões.

Como o gás não tem forma nem volume definidos, ficou fácil para Ana do Gás invadir redutos alheios sem ser percebida. Quando sentiram o cheiro do butano já era tarde. E só puderam exclamar, decepcionados: “Ana do Gás esteve aqui”. Alias, essa é a frase mais pronunciada por candidatos que voltam da porta de velhos aliados políticos: “Ana do Gás esteve aqui”.

A falta de gás sempre foi um problema sério. Disseram outro dia que para compensar a falta de gás um senador andou soltando puns num comício. O metano senatorial, no entanto, se revelou muito viscoso e mau- cheiroso, a ponto de afastar os eleitores. Bem diferente dos gases nobres que a Ana usa para conseguir apoio à sua candidatura.

Acusam a Ana de usar o gás para preencher recipientes antigos, principalmente cofres vazios de cabos eleitorais alheios. Dizem que ela espalha gás com muita facilidade, inclusive gases tóxicos, asfixiantes e alucinatórios que levam prefeitos e chefes políticos a votarem nela sem mais discussões. Sendo o gás um produto diretamente e inversamente proporcional a quase tudo, o gás da Ana anda derrubando candidaturas à direita e à esquerda e provocando colisões eleitorais irreparáveis.

À falta de gases nobres e com tantos nobres sem gás, sobrou somente o gás da Ana para turbinar essa eleição. É tanta gente à cata do fluído de Santo Antônio dos Lopes que a ciumeira é geral. Mas, como explica a teoria cinética, eleição no Maranhão ganha quem tem gá$.

Edinho Lobão quer que seus próprios advogados julguem direito de resposta em debate

difusoraContinuam as tratativas entre a coordenação da campanha de Flávio Dino e a TV Difusora de Edinho Lobão para a realização do debate na emissora que já tem candidato, que é a continuidade da oligarquia – o dono da empresa.

O ponto que não consegue ser negociado entre a TV de Edinho Lobão e a campanha de Flávio Dino é quem vai julgar os direitos de resposta. A campanha dinista pede que o debate seja julgado por uma comissão externa. Já a empresa quer que sejam advogados contratados por ela.

Acontece que os advogados indicados pela emissora nada mais são que funcionários de Edinho Lobão. Senão, vejamos. A emissora informou o nome dos advogados que participarão das comissões. Sabem de quem se trata? De funcionários dos escritórios de Márcio Coutinho e de Ruy Villas Boas.

Para quem não conhece, Márcio Coutinho é o coordenador da campanha de Edinho Lobão e quem responde oficialmente pela coligação do candidato apoiado pela família Sarney. Ruy Villas Boas é o advogado da coligação de Edinho na Justiça Eleitoral e assina todas as ações movidas pelo ungido de Sarney.

A coligação de Flávio Dino pede que haja uma comissão externa, indicada pela OAB para que haja isenção no debate. No entanto, a empresa de Edinho Lobão se recusa a aceitar.

Não parece razoável a posição da empresa, que diariamente faz ataques a Flávio Dino e agora quer posar de boa moça. Quem não te conhece que te compre, Edinho Lobão!

Análise: Os destaques de cada candidato nos dois debates para Governador

Na mesma semana em que teve início o horário eleitoral no rádio e na televisão, foram também realizados os dois primeiros debates. Este blog acompanhou ambos e depois de algum tempo, traz uma análise crítica a respeito dos principais pontos de cada um deles.

debate tv guaraO primeiro ponto a ser levado em consideração é o destempero do candidato Edinho Lobão. Que saiu esbravejando da TV Guará após seu pedido de direito de resposta não ter sido aceito. Edinho foi responsável por um tremendo papelão nos estúdios da Guará. Pior ainda foi ter ignorado o debate realizado pela Igreja Católica. Mostrando além de falta de respeito com a instituição, que não é muito afeito ao “povo”. Só fala pela TV, pois não enfrenta o tete-a-tete.

Mas a ausência de Edinho teve um ponto positivo. Diferente do festival de agressões promovido na TV Guará, o debate na sede da OAB promovida por entidades católicas foi marcado pela apresentação de propostas de 4 candidatos. Flávio Dino, Antonio Pedrosa, Saulo Arcangeli e Josivaldo Correa.

Os quatro candidatos levaram suas ideias e houve muitos momentos de clara diferença entre as propostas dos esquerdistas, que fizeram críticas entre si. Mas o tom jocoso imposto pelo candidato do PMDB, que vem promovendo um festival de baixarias na campanha, ficou de fora. Ponto pra Igreja Católica!

Já Flávio Dino, mesmo diante dos ataques de Edinho, mostrou-se por cima da situação. A sua primeira pergunta direcionada a Edinho Lobão foi programática. Queria saber de Edinho o que ele acha do baixo desempenho do Maranhão no IDH e no Ranking de Gestão Pública, ambos atestados internacionalmente. Edinho não soube responder e disse que não é “Um candidato enciclopédico”.

Totalmente diferente do candidato do PMDB, Flávio mostrou que está preparado para ser governador, aproveitou também para falar sobre o Programa de Governo e já deixou as principais marcas do que pretende fazer caso se eleja. Disse que os seus secretários terão que conhecer o Estado, e não ficar encastelados em gabinetes. Uma crítica direta ao modo Sarney de governar.

Antonio Pedrosa teve um bom desempenho, mas longe de ser o destaque que os blogs do grupo Sarney têm dado a ele. Numa posição confortável de quem só atira pedras, aproveitou que não foi atacado por Edinho ou pelos demais candidatos para também falar de propostas. Mas por ter um linguajar muito distante do povo, acabou tendo menos destaque.

Outro ponto forte foi a denúncia de “estelionato eleitoral da Refinaria de Lobão” feita por Saulo Arcangeli. A promessa vem de Roseana e Edinho quer herdar, porém o ultra-esquerdista foi direto ao ponto e incomodou Edinho Lobão. Candidato do PCB, Josivaldo Correa se destacou pela dificuldade em apresentar propostas. Teve um desempenho muito distante dos demais ultra-esquerdistas.

O papelão ficou para Zé Luís Lago, o candidato laranja de Edinho Lobão que vem desonrando a memória de Jackson Lago. Serviu apenas para escadinha para Edinho Lobão fazer mea-culpa e atacar Flávio Dino.

Esse é o resumo do que vem sendo os debates. O resto é história pra boi dormir.

Flávio Dino: o candidato do coração da Dilma no Maranhão

A controvertida aliança entre petistas e o PMDB do grupo Sarney não impediu Dilma Rousseff (PT) de demonstrar seu respeito e preferência pela candidatura de Flávio Dino (PCdoB) para o governo do Maranhão.

No vídeo abaixo, registrado no final de julho, a presidente da República troca afagos com o ex-presidente da Embratur e reforça o grito de guerra entoado por uma platéia de petistas que participavam do ato que confirmou o apoio do PCdoB à sua reeleição.

“O povo tá pedindo, é Dilma e Flávio Dino e a gente chega lá”, canta e aplaude a petista.

Veja:

Gastão Vieira: o senador de Dilma Rousseff no Maranhão

Candidata à reeleição, Dilma Rousseff (PT) surpreendeu o eleitorado maranhense ao participar, na tarde desta quinta-feira, do programa eleitoral do candidato a senador Gastão Vieira (PMDB).

Orientada a se afastar dos palanques eleitorais no Maranhão, para não ser relacionada aos escândalos de corrupção envolvendo as famílias Sarney e Lobão, a presidente da República desobedeceu a sua coordenação de campanha e aceitou gravar o depoimento em favor do ex-ministro do Turismo, que tem como primeiro suplente o petista Raimundo Monteiro, presidente estadual da legenda.

Em um vídeo de 30 segundo, Dilma aponta os méritos da gestão de Gastão no ministério, atribuindo a ele a responsabilidade pelo sucesso da organização da Copa do Mundo.

“Trabalhamos lado a lado nos últimos anos. Sou testemunha de sua dedicação, seriedade e profundo compromisso com a qualificação dos jovens. Gastão Vieira será um grande senador para o Brasil e para o Maranhão”, testemunha a petista.

Será que candidata a presidente Marina Silva (Rede) terá a mesma disposição para gravar depoimento em favor de Roberto Rocha (PSB)?

É aguardar e conferir…

Livrai-nos do “Boca do Inferno”! Bira do Pindaré sofre acidente em estrada

acidente-bira-2

O deputado estadual Bira do Pindaré, candidato à reeleição pelo PSB, sofreu acidente no início da tarde desta quinta-feira (21), na cidade de Turiaçu.

O parlamentar e assessores voltavam de um ato de campanha no interior do estado, quando um motoqueiro entrou na contra-mão em um cruzamento da MA 209. O motorista desviou da moto e bateu num poste, que caiu cima do veículo, nas proximidades do povoado Canarinho.

Apesar do susto, a assessoria do deputado informa que não houve feridos. Todos os passageiros que estavam na Hilux passam bem.

Este é o quarto acidente envolvendo políticos da oposição desde o início da campanha eleitoral. Eliziane Gama (PPS), Rubens Pereira Junior (PCdoB) e a candidata a deputada estadual do PCdoB, Fernanda Moraes, também escaparam de desastres automobilísticos.

Coincidência ou não, na mesma semana em que o senador José Sarney (PMDB) praguejou todos os adversários num infeliz artigo publicado no jornal O Estado do Maranhão, intitulado “Boca do Inferno”.

Sangue de Jesus te repreenda, Satanás!

Candidato do grupo Sarney a governador foi condenado a prisão por fraude na TV Difusora

Publicado originalmente em 03/06/2014
edinho

Edinho Lobão: condenado a prisão por fraudar a concessão de uma TV na cidade de São Mateus.

Uma decisão judicial pode liquidar definitivamente a candidatura de Edinho Lobão (PMDB), pré-candidato a governador do Maranhão pelo grupo Sarney.

Processado por fraude em uma empresa de TV em São Mateus, o suplente de senador foi condenado pela Justiça Federal a 1 ano e 4 meses de cadeia por cometer operações ilegais na empresa Difusora, da qual ele é proprietário.

Na sentença, o juiz federal Maurício Rios Júnior, que respondia pela 1ª vara criminal, em setembro de 2010, além de condenar o filho do Ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB), aplicou multa por atividade clandestina em atividades de telecomunicações.

Na sentença, o magistrado afirma que ficou “devidamente comprovada a responsabilidade penal do acusado Edison Lobão Filho pela prática do crime previsto no art. 183 da Lei 9.472/97”. A decisão, tomada após 11 anos de investigação criminal, envolvia além de Edinho, Rivoredo Barbosa Wedy e Shélida Salomão Pessoa.

Para evitar o cumprimento da pena determinada pela Justiça, o peemedebista entrou com um recurso judicial chamado “apelação”, alegando a prescrição da sentença. Três meses depois, o juiz federal Ivo Anselmo Höhn Júnior declarou a punição prescrita.

O processo que culminou em condenação penal tramitou na Justiça Federal do Maranhão e seguiu para o Supremo Tribunal Federal, após Edinho assumir a vaga de senador no lugar do pai. Passou pelas mãos do ministro Joaquim Barbosa e voltou para o Maranhão quando Edinho deixou a vaga de senador temporariamente, retornando à suplência.

edinho justiça 1

Lobinho fugiu do debate promovido pela Igreja Católica

Raimundo Garrone

Edinho Lobão fugiu do debate promovido pela Comissão Justiça e Paz da Arquidiocese de São Luís, nesta quarta-feira no auditório da OAB/MA em São Luís.

edinho-debateO debate já estava marcado há mais de uma semana, mas como envolve setores progressistas da Igreja, o candidato da oligarquia Sarney evitou ser confrontado com a realidade, que não consta do seu manual de sobrevivência.

A sua ausência demonstra a sua total falta de interesse em debater idéias com os movimentos sociais, já que suas propostas são voltadas para os grandes projetos econômicos, que relegam aos maranhenses os piores empregos.

Fugiu do debate porque sabe que o grupo que representa é responsável pela pobreza do estado, pelo latifúndio, e pelo aumento da violência na terra, que resultou no assassinato de vários líderes camponeses.

E logo ele faltar a um debate promovido pela Igreja depois de dizer em seu programa eleitoral na TV, que governar o Maranhão seria uma missão de Deus.

Mas nem pensar em discutir a possibilidade de dividir o pão…

Participaram do debate os candidatos Flávio Dino (PC do B), Saulo Arcangeli (PSTU), Antônio Pedrosa (PSOL) e professor Josivaldo Corrêa (PCB).

Raimundo Cutrim denuncia mais uma tentativa de fraudar o resultado das eleições

Raimundo-Cutrim-volta-a-Secretaria-de-Seguranca21

O deputado estadual Raimundo Cutrim (PCdoB) denunciou, na Assembleia Legislativa, a farra de convênios promovida pelo governo Roseana Sarney, em que milhões em recursos públicos foram despejados nos cofres de municípios governados por prefeitos aliados do grupo Sarney.

Em uma única canetada, na véspera do inicio da campanha eleitoral, foram liberados R$ 70 milhões em recursos administrados pela Secretaria de Saúde do Maranhão, comandada pelo secretário Ricardo Murad, cunhado da governadora.

Parte dos aliados de Roseana e Ricardo contemplados com ajuda financeira na véspera das eleições.

Parte dos aliados de Roseana e Ricardo contemplados com ajuda financeira na véspera das eleições.

“No dia 02 de julho, o Estado pagou R$ 70 milhões. Está aqui o Diário Oficial do Estado do Maranhão. É público que o governo está despejando dinheiro para campanha. Existem municípios com a população de 24 mil pessoas que receberam 10 milhões de reais, fundo a fundo. É aquele dinheiro o prefeito não presta conta. Gasta do jeito que quer na campanha”, denunciou.

Cutrim disse acreditar que o governo de Roseana está comprando alianças por meio destes convênios, pressionando os gestores contemplados a se empenharem na campanha eleitoral do candidato a governador apoiado pelo grupo, Edinho Lobão (PMDB), e nos deputados estaduais e federais alinhados ao Palácio dos Leões.

O parlamentar cobrou uma maior fiscalização do Ministério Publico do Maranhão, principalmente pela falta de critério na distribuição dos recursos, e anunciou que pretende acionar o Parquet para coibir mais essa tentativa de fraudar o resultado das eleições e mudar a vontade do povo maranhense.

Patetice do dia: Edinho foge do debate da OAB

IMG_0118.JPG
Os candidatos Edinho Lobão (PMDB) e Zé Luis Lago (PPL) fugiram, na noite desta quarta-feira, do debate promovido pela Comissão de Justiça e Paz, na sede da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB). Na foto, os candidatos Antônio Pedrosa (PSOL) e Josivaldo Corrêa (PCB) ajustam o microfone da cadeira vazia destinada ao candidato da oligarquia Sarney.