Maracap paralisa venda no MA

Blog do Jeisael

maracapAs pessoas que foram aos pontos de venda do Maracap para adquirir o Título desta semana ficaram surpresos por não conseguir encontrar o produto. Acontece que o Título de Capitalização Maracap paralisou a comercialização desde esta terça-feira (18), na capital e interior do estado.

Segundo informa a direção da empresa, a paralisação é temporária e atende exclusivamente a uma determinação administrativa da Sul América Capitalização, empresa emissora do Título.

Em razão da distribuição ter sido feita antes da decisão de paralisação nas vendas, alguns clientes conseguiram comprar o Título da edição desta semana em um dia e meio de exposição do produto nos pontos de venda. Entretanto, como o sorteio do próximo domingo, dia 23, foi adiado, a empresa tem entrado em contato com esses clientes para devolver o valor pago.

Qualquer pessoa que tenha adquirido o Título pode entrar em contato pelos telefones da sede do Maracap para ter seu dinheiro volta, sem nenhum prejuízo.

Vendedores e profissionais que tiram seu sustento da comercialização do produto lamentaram a pausa nas vendas. E quem sempre sonhou em se juntar aos milhares de ganhadores, vai ter de adiar um pouco o sonho de ser sorteado. O Maracap diz que a Sul América Capitalização estará fazendo uma readequação do produto e em breve os sorteios voltarão.

Para evitar qualquer especulação em torno da suspensão temporária nas vendas, o gerentes do Maracap, Cícero Salviano e Poliane Moura, garantem que a decisão é interna e que a empresa não tem nenhuma ressalva na Justiça de qualquer natureza. “Sempre trabalhamos dentro da legalidade, com respeito aos nossos clientes, parceiros e colaboradores”, assegura Cícero. “Nos orgulhamos de contribuir para melhorar a vida das pessoas, inclusive através da nossa parceira a Cruz Vermelha”, arrematou Poliane.

Fiscal da Sefaz assassinado investigava máfia que atua no setor de atacado em São Luís

Blog do Garrone

fiscal-da-sefaz-assassinadoO servidor da Secretaria da Fazenda, José de Ribamar Gomes Saraiva, que foi executado ontem em São Luís, estava investigando as ações de uma verdadeira máfia que age na venda por atacado em São Luís.

Ontem depois de receber a informação do Posto Fiscal da Estiva, Saraiva resolveu seguir um caminhão que estaria levando uma carga, de açúcar ou arroz, para endereço diferente do especificado na nota fiscal.

A entrega de cargas em endereço diverso ao da nota permite a sua revenda sem nota fiscal, incorrendo na sonegação do ICMS.

Fonte da SEFAZ disse ao blog que existe vários grupos em São Luís que praticam esse tipo de fraude.

Após o assassinato, os pistoleiros que fugiram em um veículo Strada preto levaram documentos e uma pasta que estava no carro do fiscal assassinado.

A Polícia investiga a possibilidade do crime ter ligação com as empresas envolvidas no esquema descoberto por Saraiva.

TCE desaprova contas de ex-prefeito de Grajaú

image17O Tribunal de Contas do Estado do Maranhão (TCE/MA), em sessão plenária realizada nesta última quarta-feira, (19), desaprovou a prestação de contas apresentada por Mercial Lima de Arruda, ex-prefeito do município de Grajaú, relativa ao exercício financeiro de 2009.

A decisão da Corte de Contas estabelece também que o ex-prefeito devolva aos cofres do município a quantia de R$ 3.780.429,11, além do pagamento de multas que totalizam R$ 404.442,00.

Entre as principais irregularidades detectadas pelos auditores do TCE na prestação de contas de Mercial Arruda estão: ausência de notas fiscais para comprovação de despesas; irregularidades em processos licitatórios pagamento de fornecedores em desacordo com a legislação vigente; não recolhimento do ISS no valor de R$ 1.639.639,54; irregularidades na execução de obras e serviços de engenharia no valor total de R$ 962.963,26; concessão de subvenções, auxílios e contribuições sem amparo legal e não recolhimento junto ao INSS das contribuições previdenciárias. O ex-prefeito ainda pode recorrer da decisão.

Na mesma sessão foram desaprovadas também as contas de Adalberto do Nascimento Rodrigues (Belágua/2009); Antonio Sampaio Rodrigues da Costa (Matões do Norte/2005), com débito de R$ 342.959,00 e multas de R$ 121.113,00; Francisco Emiliano Ribeiro de Meneses (João Lisboa/2010); Francisco Evandro F. Costa Mourão (Buriti/2010), com débito de R$ 1.311.876,52 e multas de R$ 234.081,00; José Francisco Costa de Oliveira (Maracaçumé/2010), com multas de R$ 88.800,00; Marcos Robert Silva Costa (Matinha/2007), com débito de R$ 552.144,51 e multas de R$ 164.424,00 e Manoel Edivan Oliveira da Costa (Marajá do Sena/2012), com multa de R$ 5.000,00.

Tiveram suas contas aprovadas com ressalvas Joaquim Umbelino Ribeiro (Turiaçu/2006), com multas de R$ 20.000,00; Raimundo Nonato da Silva Pessoa (Timbiras/2009) e Tancrêdo Lima Araújo (Paulo Ramos/2009).

Entre as Câmaras Municipais, foram julgadas irregulares contas de Maria de Fátima Sousa Fernandes (Fortaleza dos Nogueiras/2009), com débito de R$ 20.604,00 e multas de R$ 32.294,00; Renato Luiz Ribeiro Oliveira (Anapurus/2009), com débito de R$ 72.936,00 e multas de R$ 23.693,00 e Renato Luiz Ribeiro Oliveira (Anapurus/2010), com débito de R$ 191.154,39 e multas de R$ 33.987,00.

Foto-fofoca: Ester Marques entre eternos aliados

IMG_0090 IMG_0091

A futura secretária de Cultura do governo Flávio Dino fez questão de confraternizar com aliados, na manha desta quinta-feira, durante entrega da medalha Manoel Beckman para a atual secretária de Cultura Olga Simão, a quem assessora.

Na foto, a secretária “cavalo de tróia” abraça fraternalmente Roberto Costa, Nan Souza e Ana Graziella Freitas, companheiros de longa jornada no governo Roseana Sarney.

Anunciados os secretários de Educação, Agricultura, Mulher e Igualdade Racial

marcio honaiserO governador eleito, Flávio Dino, anunciou mais quatro membros de sua equipe de governo na manhã desta quinta-feira.

A secretária-adjunta de Educação da Prefeitura de São Luís, Áurea Prazeres, será a titular da pasta de Educação no governo do estado. A Agricultura ficará à cargo do empresário pedetista Márcio Honaiser.

A professora Laurinda Pinto será a secretária de Mulher e o militante social Gerson Pinheiro comandará ações na área de Igualdade Racial.

Dino rejeita tese de impeachment e sai na defesa de Dilma Rousseff

Dino e DilmaFlávio Dino (PCdoB) criticou o que definiu como “golpismo” e alegou não ver motivos para que seja pedido o impeachment da presidenta Dilma Rousseff (PT), em razão das denúncias de corrupção na Petrobras.

“Impeachment não é uma opção política. Impeachment no presidencialismo é uma sanção diante de um crime de responsabilidade. Um ato praticado pelo presidente da República pessoalmente, não por terceiros. Não há nenhuma chance jurídica (de isso acontecer). No presidencialismo, impeachment é exceção”, explicou em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura.

Eleito governador com o apoio pessoal da presidente da República e da maioria do PT maranhense, o comunista saiu na defesa de Dilma, afirmando que ela é uma pessoa honesta e que não tinha conhecimento das irregularidades investigadas pela Operação Lava Jato da Polícia Federal.

“Eu tenho muita tranquilidade em afirmar perante o Brasil: a presidenta Dilma é uma pessoa honesta. Eu conheço a presidenta Dilma. Tenho absoluta certeza que ela não concorda com isso (desvios na Petrobrás). Tenho absoluta certeza que ela não participou disso. E tenho absoluta certeza que ela tem condições de levar o seu governo a frente, apesar deste fato”, assegurou Dino, que foi auxiliar da petista no comando da Embratur durante todo o primeiro mandato.

Governo Roseana dá calote em profissionais de comunicação

Blog Jeisael Marx

roseana carla georginaProfissionais que prestaram serviço para a Secretaria de Comunicação do Estado reclamam que até agora não receberam nenhum pagamento pelo trabalho realizado. O blog foi informado que, ainda na gestão de Sérgio Macedo, a Secom contratou o estúdio Sotaque e mais alguns profissionais para a produção de vários programetes de rádio para divulgar as ações do governo.

Em meados do ano de 2013, orientado pelo então secretário Sérgio Macedo, o secretário-adjunto de comunicação, Ormuz Rivaldo, contatou os profissionais, acertou o valor do trabalho e autorizou a produção dos mini programas que veicularam na Mirante AM e em várias emissoras. Ao deixar a Secom no início do ano, Macedo deixou também os profissionais sem receber um tostão, e o abacaxi ficou para a jornalista Carla Georgina, que assumiu o seu lugar.

Ao tomar conhecimento do calote, Georgina chegou, segundo relatado ao blog, a negociar um valor menor com um dos profissionais envolvidos, alegando que “isso era coisa de Sérgio, mas que iria dar um jeito de pagar”. De lá pra cá, a coisa tem sido empurrada com a barriga e, nas conversas com a secretária, só se ouve o “vamos ver”. Só que até agora ninguém viu.

Em contato com um dos profissionais envolvidos, o blog questionou se o pagamento não havia sido feito ao estúdio. Ele foi taxativo ao afirmar: “ninguém recebeu, nem o sonoplasta, nem a locutora, nem o estúdio, muito menos eu. Ninguém”.

Rapidinhas da tarde

abissalABISSAL

Jornalistas, blogueiros e profissionais de imprensa estão se organizando para fundar a Associação dos Blogueiros do Maranhão. Nos bastidores, o movimento encabeçado pelos jornalistas Gilberto Léda, Yuri Almeida e Caio Hostílio, foi apelidado de ABISSAL – Associação dos Blogueiros do Pré-Sal.

DESMOBILIZAÇÃO

Depois dos últimos desdobramentos da Operação Lava Jato, não há sequer um parlamentar na Assembleia Legislativa do Maranhão acreditando na renúncia da governadora Roseana Sarney (PMDB) antes do último dia de dezembro.

PERDEU FÔLEGO

Parlamentares governistas e de oposição fizeram um acordo para limpar as votações na Casa, depois de retiradas da pauta as propostas que tratam sobre a sucessão no Palácio dos Leões.

FALOU FINO

O deputado estadual Alexandre Almeida (PTN) cogita retirar o projeto de Lei que afasta a possibilidade de eleição indireta na vacância do cargo de governador, no caso de faltar menos de um mês para o término do mandato.

NOSTRADAMUS

Um experiente auxiliar da filha de José Sarney (PMDB) aposta todas as fichas no pedido de prisão preventiva dela e ainda arrisca dizer que o bloco de oposição sarneyzista terá no máximo oito deputados na próxima legislatura.

PELA ESTRADA AFORA

Alheio às suspeitas que pesam sobre o ainda ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB), apontado como um dos cabeças do escândalo do Petrolão, o suplente de senador Edinho Lobão (PMDB) se prepara para curtir longas férias na Europa.

IMG-20141118-WA0039AU REVOIR

Descansando no Velho Mundo, a competente jornalista Aline Louise descobriu pelas redes sociais que será a responsável pela Assessoria da Imprensa do governador Flávio Dino (PCdoB).

BARRIGADA

Futuro chefe da Casa Civil, o deputado estadual Marcelo Tavares (PSB) nega qualquer tipo de conversa para adquirir a metade da TV Maranhense, de propriedade do deputado estadual Manoel Ribeiro (PTB).

HOMÔNIMO 

O professor Francisco Gonçalves foi anunciado para dirigir o Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia (Iema), órgão a ser criado na nova gestão. Esse é o 27º nome indicado através das redes sociais para integrar a equipe de Flávio Dino.

Dino anuncia diretor da Caema e secretário de Meio Ambiente

Marcelo_Coelho_Secretario_SEMAPA__8895__14_

Coelho será secretário de Meio Ambiente.

Flávio Dino (PCdoB) anunciou na manhã desta quarta-feira (19) o nome do próximo diretor-presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). A escolha do advogado Davi Telles foi anunciada por meio das redes sociais.

Telles é mestre em Direito Social pela Faculdade de Direito da Universidade Sorbonne (Paris), professor universitário e da pós-graduação de Direito do Trabalho da Universidade Ceuma.

O governador eleito também anunciou o futuro secretário de Meio Ambiente, desfalcando, mais uma vez, a equipe do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PTC). O jornalista Marcelo Coelho, atual secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento de São Luís, assumirá a pasta.

Governador eleito anuncia Secretário da Fazenda

20140129110028_capa (1)Em comunicado pelas redes sociais, o governador eleito Flávio Dino anunciou o auditor fiscal da Receita Federal Marcellus Ribeiro Alves para assumir a Secretaria de Fazenda a partir de 1º de janeiro.

Marcellus Ribeiro Alves é auditor fiscal da Receita Federal do Brasil. Atualmente ocupa o cargo de Superintendente Adjunto da Receita Federal do Brasil na 3ª Região Fiscal (Ceará, Maranhão e Piauí). Exerceu o cargo de Delegado Adjunto na Delegacia da Receita Federal em São Luís (MA) e as chefias das Seções de Orientação e Análise Tributária e de Fiscalização. Foi Técnico do Tesouro Nacional.

O futuro secretário é bacharel em Economia pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e em Direito pela Faculdade São Luís. Pós-graduado em Direito Tributário pela UNISUL. Foi professor das disciplinas Direito Financeiro e Processo Constitucional e Tributário na UNDB e CEST.