Polícia Federal investigará denúncia de Hildo Rocha contra TRE

HildoRochaO Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão e o Ministério Público Eleitoral decidiram na tarde desta quinta-feira, 5 de março, requisitar à Polícia Federal que instaure inquérito para apurar denúncia do deputado federal Hildo Rocha feita na tribuna da Câmara na última terça-feira (3).

De acordo com o parlamentar, Edilomar Nery de Miranda só tivera seu diploma de prefeito da cidade de Ribamar Fiquene cassado porque não aceitou pagar propina a emissários de membros da Justiça Eleitoral maranhense.

Os membros da Corte e o procurador regional eleitoral foram uníssonos em afirmar que a denúncia merece apuração rigorosa por parte da Polícia Federal porque tal fato denigre a imagem da instituição responsável por garantir o exercício da cidadania.

“É nosso dever agir com cautela e racionalidade em casos como este para evitar embates desnecessários”, observou Guerreiro Júnior, presidente, que determinou ainda encaminhamento à PF de degravação de entrevista concedida pelo parlamentar em rádio da capital do estado e cópia de notícias publicadas em jornais impressos e blogs.

Caso Constran: Eliziane Gama requer a convocação de corretor que repassou propina a João Abreu

IMG_9058A pedido da deputada federal Eliziane Gama (PPS), foi aprovada nesta quinta-feira (05) a convocação do corretor Marco Antônio de Campos Ziegert para prestar depoimento na CPI da Petrobras.

De acordo com a assessoria da parlamentar, Marco Ziegert deve comparecer à comissão na próxima semana a fim de prestar esclarecimentos sobre o envolvimento do doleiro Alberto Youssef, da ex-governadora Roseana Sarney e do ex-secretário João Abreu no escândalo da construtora UTC/Constran.

Ligado ao empresário Fernando Sarney, Ziegert recebeu, no dia 17 de março do ano passado, uma mala contendo R$ 1,4 milhão em propina das mãos de Youssef, referente a parcela do acordo para o repasse de cerca de R$ 120 milhões à Constran. O governo de Roseana teria embolsado R$ 6 milhões para furar a fila de precatórios e antecipar o pagamento milionário à empreiteira.

Em depoimento à Polícia Federal, Youssef afirmou que o corretor serviu como emissário do então secretário da Casa Civil de Roseana. Além da mala com o suborno, Marco Zeigert teria recebido uma caixa de vinhos para presentear Abreu. Toda a ação foi registrada pelo sistema de monitoramento do Hotel Luzeiros. As imagens estão anexadas no inquérito da Operação Lava Jato.

Bira do Pindaré participará do ‘Conselhão’ sem receber jeton

Manoel dos Santos Neto

O secretário de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Bira do Pindaré (PSB), adiantou que participará do Conselho de Secretários do Governo do Maranhão, mas sem receber jeton. Para o socialista, o Conselho de secretários é positivo.

Conselhão: Secretário abre mão de jeton de R$ 5.850,00.

Conselhão: Secretário abre mão de jeton.

“Vou participar, porém sem receber jeton. Esse Conselho terá importante papel no compromisso que o governador Flávio Dino assumiu de tirar o Maranhão dos piores índices de sociais, fruto de 50 anos de oligarquia. Ele não fará isso nomeando cabos eleitorais para o Conselho”, afirmou.

O socialista foi um dos mais críticos parlamentares de oposição ao grupo Sarney. Sobre o Conselhão, criado na gestão Roseana Sarney (PMDB), o secretário classificou como imoral e repudiou o valor absurdo que era pago a cada um dos mais de cem conselheiros por cada reunião que participassem.

“Fomos contra o imoral “Conselhão” criado pela Roseana porque tinha o claro objetivo de aliciar cabos eleitores, nomeando mais de cem conselheiros dentre os quais ex-prefeitos, vereadores e parentes de políticos aliados deles”, esclareceu.

Bira explicou ainda que Conselhão de Roseana Sarney é totalmente diferente do Conselho de secretários do Governo do Maranhão.  Se o primeiro tinha o claro objetivo de comprar cabos eleitorais, o Conselho de secretários será composto por cidadãs e cidadãos comprometidos com o desenvolvimento do Maranhão.

Petrolão: Na lista de Janot, Lobão contrata Kakay para fazer sua defesa

Estadão

Ex-ministro de Minas e Energia do governo Dilma Rousseff, o senador Edison Lobão (PMDB-MA) está na lista de pedidos de investigação do Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, enviada ao Supremo Tribunal Federal na última terça-feira, 3.

size_810_16_9_Edison_Lobão
Lobão contratou o advogado Antonio Carlos de Almeida Castro, o Kakay, para fazer sua defesa. O peemedebista tem estado muito nervoso e tenta buscar informações para saber exatamente em qual contexto foi citado. Por enquanto, sabe apenas que seu nome foi implicado durante depoimento de delação premiada feito ao Ministério Público pelo ex-diretor da Petrobrás Paulo Roberto Costa.

Ao Supremo, Janot encaminhou pedido de abertura de inquérito contra 54 pessoas suspeitas de envolvimento na Lava Jato. Além deles, o procurador apresentou sete pedidos de arquivamento – entre eles o da presidente Dilma Rousseff e do senador Aécio Neves (PSDB-MG). Os nomes não foram revelados oficialmente porque o caso está sob segredo de Justiça. Entre os 54 suspeitos estão políticos com e sem mandato e podem envolver parlamentares do PT, PMDB, PP, PSDB e PSB.

Até o momento, há informações de que, além de Lobão, outros três peemedebistas foram citados: o presidente do Senado, Renan Calheiros (AL); o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (RJ), e o senador Romero Jucá (PMDB-RR), segundo vice-presidente do Senado.

O ministro do STF Teori Zavascki, relator do caso, deve deliberar até sexta-feira, 6, sobre quais inquéritos vai pedir abertura. Depois disso, pretende retirar o sigilo de todos eles.

PMDB deve ter candidatura própria para a Prefeitura de São Luís em 2016

robertocostasetembro1

Roberto Costa é um dos possíveis candidatos à sucessão de Edivaldo Holanda Junior nas eleições do ano que vem

O presidente municipal do PMDB, deputado estadual Roberto Costa, se reúne na próxima semana com o diretório do partido para discutir o lançamento de uma candidatura própria para a disputa pela Prefeitura de São Luís em 2016.

Costa adiantou ao blog que a legenda controlada pelo oligarca José Sarney realizará uma série de encontros entre filiados e lideranças nacionais buscando discutir estratégias para a retomada do poder no maior colégio eleitoral do Maranhão.

Os nomes de Roseana Sarney, Edinho Lobão, Hildo Rocha e do próprio Roberto Costa destacam-se como possíveis adversários na disputa pela reeleição do prefeito Edivaldo Holanda Junior (PTC).

Na cúpula do PMDB, no entanto, também existe um movimento na defesa de uma aliança com Eliziane Gama (PPS) em troca da indicação do candidato a vice-prefeito. É o caso do enrolado ex-secretário de Saúde Ricardo Murad, que já sustenta publicamente a candidatura da parlamentar nas eleições do ano que vem.

Roseana Sarney pode aparecer na nova lista de Rodrigo Janot

Veja

Roseana-roendo-unha-273x3001Além da lista dos 54 nomes que seguiu anteontem para o STF, há uma outra relação de políticos, ex-políticos e outros personagens que têm com o que se preocupar.

Na semana que vem, o Procurador-Geral da República, Rodrigo Janot, envia ao STJ  uma outra lista de encrencados com a Lava-Jato.

Desta vez, entram nela governadores (cujo foro é no STJ), ex-governadores, ex-deputados e ex-senadores; e enrolados de todos os matizes.

Propinas do PMDB sepultaram a Refinaria da Petrobrás em Bacabeira

Jornal Pequeno
Propina milionária: Lula e Edison Lobão no terreno onde seria instalada a Refinaria de Bacabeira.

Propina milionária: Lula e Edison Lobão no terreno onde seria instalada a Refinaria de Bacabeira.

A Refinaria de Bacabeira esteve envolvida nos esquemas de propina de políticos do PMDB citados na Lava Jato. A informação foi revelada na tarde de ontem (04) pelo jornal O Estado de São Paulo ao afirmar que pelo menos dois dos empresários presos pela Polícia Federal afirmaram em delação premiada que a Refinaria de Bacabeira fez parte dos esquemas para concessão de propina a políticos do PMDB. O elo é o atual presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB), aliado histórico da família Sarney no Maranhão.

A reportagem conta que o doleiro Alberto Yousseff afirmou que o ex-diretor de Abastecimento da Petrobrás, Paulo Roberto Costa, ganhou propina de 30% sobre o montante desviado de um dos itens das obras, relativo à terraplanagem da Refinaria. Foi Paulo Roberto que veio ao Maranhão em 2010 a convite de Roseana Sarney e do ex-ministro Edison Lobão para lançar a pedra inaugural da obra. A Fidens, fundada em 1968, fica em Minas.

De acordo com Youssef, o ex-diretor Paulo Roberto Costa – na foto ao lado de Roseana e Lobão – levou propina de 30% na terraplanagem da Refinaria de Bacabeira.

Segundo Youssef, a licitação da terraplanagem ocorreu entre 2010 e 2011 “sendo acertado que as vencedoras seriam a Galvão Engenharia, Serveng e Fidens”. Ele afirmou que “ficava sabendo antecipadamente” o nome das empresas que ganhariam as licitações no âmbito da Premium I. O doleiro contou que “foram feitas reuniões” em seu escritório em São Paulo, na Avenida São Gabriel, Itaim Bibi. Nem a Serveng e nem a Fidens são acusadas de participar do cartel de empreiteiras que atuava na estatal.

Ficou acertado, segundo o delator, o pagamento de comissão de 1% sobre o valor do contrato. Os repasses teriam sido iniciados seis meses depois do início da obra. Ele falou sobre uma reunião com a Galvão Engenharia, representada na ocasião pelo executivo Erton Medeiros, alvo da Lava Jato. Segundo a reportagem, a indicação das empresas que sabiam antecipadamente que venceriam a licitação foi feita por um deputado de Minas Gerais, Luiz Fernando (PP-MG).

Outro delator do caso foi o engenheiro da empresa Galvão Engenharia, que afirmou em seu depoimento que a Refinaria Premium foi alvo de propinas na época de seu lançamento. Após as denúncias de irregularidades nas obras e nos contratos, a Petrobrás decidiu paralisar as obras no Maranhão, dificultando a instalação do empreendimento que geraria milhares de empregos dentro do Estado.

Orçada em R$ 20 bilhões, a Refinaria Premium I em Bacabeira, a 60 quilômetros da capital São Luís, foi projetada para operar como a maior refinaria da Petrobrás, mas está com as obras inacabadas e com problemas de execução.

Imagem do dia: Edison Lobão deve aparecer no listão da Lava Jato

coletiva-Edison-Lobao-20130109-01-size-598

De acordo com o site Congresso em Foco, o ex-ministro de Minas e Energia Edison Lobão (PMDB) está entre os 54 nomes da lista enviada pelo procurador-geral Rodrigo Janot ao Supremo Tribunal Federal, com pedidos de abertura de inquérito para investigar os suspeitos de envolvimento no caso de corrupção da Petrobras.

No caso de políticos atualmente sem mandato, como ex-governadores e ex-parlamentares, as investigações seguirão nos âmbitos das justiças Federal e Estadual. Citada pelos delatores Alberto Yousseff, Meire Poza e Paulo Roberto Costa, a ex-governadora Roseana Sarney (PMDB) é a única com processo instaurado para apurar sua participação no esquema da Lava Jato.

Lobão é investigado não somente por ter sido beneficiado pelo esquema, como também por ter mediado acordos para a implementação de uma refinaria no Maranhão, que resultou em desvios da ordem de R$ 7 milhões apenas nas obras de terraplanagem.

Depois da Africanos e da Curva do 90, Holandinha remodela trânsito da Avenida dos Franceses

unnamed

Holandinha determinou remodelamento viário em retorno da Avenida dos Franceses

Prefeitura de São Luís deu início semana passada às intervenções com modificações do traçado geométrico na Avenida dos Franceses no trecho entre o Viaduto do Café e a entrada do bairro Sacavém (início da Avenida dos Africanos). As modificações, que integram o Plano Estratégico de Melhorias para o Trânsito, têm como objetivo gerar maior fluidez e segurança ao trânsito, bem como extinguir rotatórias em locais de fluxo intenso de veículos.

Com as intervenções, a SMTT vai modificar o cruzamento das avenidas dos Africanos e dos Franceses, trecho de vias que atualmente registra congestionamento, principalmente nos horários de pico.

A intervenção da Avenida dos Franceses teve início com a retirada dos meios-fios do canteiro central para o alargamento das vias. A medida tem como finalidade criar quatro faixas de trânsito em alguns trechos da via, bem como fazer o reposicionamento dos retornos da área sem a necessidade de paradas, com acesso livre à faixa da esquerda da pista.

A obra é parte do conjunto de ações de melhorias no trânsito, que já vêm sendo realizadas desde a rotatória do Bacanga, passando pela Avenida dos Africanos, com destaque para as entradas dos bairros Parque Timbiras e Coroado.

O serviço que está sendo realizado na Avenida dos Franceses é similar à intervenção geométrica feita na Avenida Vitorino Freire. Naquela área, que abrange a região do Anel Viário (Fonte do Bispo), o retorno do Bacanga e acesso à Avenida dos Africanos, foram eliminados os semáforos e a rotatória, o que permitiu um trânsito com maior fluidez, sem a necessidade de paradas obrigatórias – o que gerava lentidão no fluxo de veículos.

Foto-Fofoca: Sem malas, propina ou doleiros

IMG_1186

Ao contrário da governadora anterior, Flávio Dino (PCdoB) foi fotografado há pouco realizando saques eletrônicos no caixa do Banco do Brasil instalado na Assembleia Legislativa do Maranhão.

Antes, o governador participou da cerimônia em comemoração aos 180 anos do Poder Legislativo estadual.

A imagem é do jornalista Waldemar Ter.